Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

O MUNDO À NOSSA VOLTA – Cinema, cem anos de juventude – Balanço final

 
Quando:
01. 07. 2015 @ 14:00 – 17:00
Onde:
Cinemateca Portuguesa
Rua Barata Salgueiro
Lisboa
Categorias:

Alorna Solidão 01BLG2

Apresentação dos filmes-ensaio que resultaram do trabalho de iniciação ao cinema desenvolvido ao longo do ano lectivo com alunos da Escola Básica Marquesa de Alorna, Escola Básica e Secundária Passos Manuel e Escola Secundária Camões no âmbito do programa pedagógico Cinema, Cem Anos de Juventude, inserido no projecto O Mundo à Nossa Volta.

Apesar da história escolhida por cada grupo participante ser livre, todos os filmes abordam uma mesma questão de cinema, escolhida anualmente: O Intervalo – uma questão que cerca de 2000 crianças e adolescentes abordaram ao longo do ano, nos 11 países participantes (Portugal, França, Espanha, Itália, Inglaterra, Escócia, Bélgica, Áustria, Alemanha, Brasil e República de Cuba), vendo, analisando e discutindo filmes, fazendo exercícios filmados e realizando finalmente os filmes-ensaio, todos com as mesmas regras do jogo. Uma parte destes filmes foram apresentados na Cinemateca Francesa em Paris no inicio deste mês na presença de participantes de mais dez países.

Em Portugal, este programa pedagógico, tem vindo a ser desenvolvido em Lisboa, na Moita e em Serpa, pela mão da Associação Cultural Os Filhos de Lumière. Desde 2006, é realizado em parceria com a Cinemateca Francesa (que o coordena a nível geral), com a Cinemateca Portuguesa, A Rua das Gaivotas 6 (antigo DNA Lisboa) e vários outros parceiros em cada zona onde intervém. Integra o projecto “O Mundo à Nossa Volta” com o apoio do Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian, do ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual, das Câmaras Municipais de Lisboa, Moita e Serpa, e ainda  da Cinemateca Francesa, do Instituto Camões/Embaixada de Portugal em França, das próprias escolas e diversas entidades locais (para a participação nos encontros em Paris) e beneficia do apoio dos Ministérios da Cultura e da Educação de França.

Esta projecção, onde serão apresentados os filmes finais “A Solidão Indesejada”, “Francisco e o Vento” e “A Surpresa” contará com a presença de todos os participantes neste projecto que irão dar conta da sua experiência e processo de trabalho, é aberta a todos os familiares, amigos, parceiros, a comunidade e público em geral.