Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

FILMAR: “Estórias da Cidade”

 
Quando:
26. 10. 2015 @ 15:00 – 17:00
Onde:
Centro Social São Boaventura da Santa Casa da Misericórida
Rua Nova da Trindade
n.º 15
Lisboa
Categorias:
Etiquetas:

Estorias da Cidade Filmar 16 Mercearia Still BLG2

“Estórias da Cidade”, filme-ensaio realizado no âmbito da oficina Filmar da associação Os Filhos de Lumière e do projecto “BIPZIP 2014 DNA Lisboa II”, em colaboração com a Comissão Social da Junta de Freguesia da Misericórdia, será apresentado na segunda-feira 26 de Outubro de 2015 às 15h00 no Centro Social São Boaventura da Santa Casa da Misericórida de Lisboa.

Ao longo de 6 sessões, entre 7 e 14 de Julho de 2015, o filme foi realizado por 16 participantes do Centro de Dia do Centro Social São Boaventura (Santa Casa da Misericórdia de Lisboa), que assumiram as diferentes funções de uma equipa profissional – actores, figurantes, realizadores, assistentes de realização, câmara e som.

O argumento e a montagem foram colectivos, sendo muitas das histórias baseadas em vivências e memórias pessoais. O filme está dividido por segmentos, pensados e construídos pelos próprios participantes – “Rua Velha” (Manuel Bito); “O Cais” (Laurindinha); “Mercearia” (Adelina Diogo); “O Cauteleiro” (Carlos Rodrigues); “Lágrimas Ocultas” (Amália Maria) e “A Tertúlia” (Carlos Rodrigues e Zé Manuel).

A poesia é uma das personagens principais – poemas como “Lágrimas Ocultas” de Florbela Espanca, “Não Quero Rosas Desde Que Haja Rosas” de Fernando Pessoa, ou “A Senhora de Idade” (Anónimo) são relidos e revividos nas vozes de Amália Maria, Manuel Bito e Zé Manuel.

Com a participação de: Adelina Diogo; Amália Maria; Anita; António Fernandes; Carlos Rodrigues; Ercília Brás; Hilário Espírito Santo; Fernanda Pereira; Graça Condinho; Laurindinha; Luzia Cúrdia; Maria José Aleixo; Manuel Bito; Teresa Alvoeiro; Vitorina Rodrigues; Zé Manuel

Cineastas / Formadores: Teresa Garcia (realização) e José Lã Correia (imagem e som)

com o apoio de Gabriel Pereira (som e montagem) , Laura Lomanto (produção), Maria Ravasco (produção) e Pierre-Marie Goulet (montagem)