Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

Mar 232016
 


No âmbito das acções desenvolvidas pelo Grupo de Jovens da Comissão Social de Freguesia, a associação Os Filhos de Lumière, integrou uma vez mais a Semana da Juventude, entre os dias 21 e 23 de Março, que contou com um conjunto de actividades multidisciplinares com o objectivo de envolver a comunidade juvenil nos projectos culturais e sociais desenvolvidos na freguesia da Misericórdia.

A programação dinamizada pelos vários parceiros do grupo de trabalho, incluiu workshops, aulas de teatro, actividades lúdicas e desportivas, para além de uma sessão de cinema "O Mundo à Nossa Volta", realizada no dia 23 de Março, no +Skillz no Bairro Alto, onde foram exibidos alguns dos filmes realizados por jovens no âmbito de oficinas de cinema em escolas de Lisboa e Moita, e ainda os filmes “O Dia de Anos”, realizado durante a Semana da Juventude de 2015, com jovens de diferentes projectos como o Intervir, +Skillz, e a Ludoteca da Santa Casa da Misericórdia, e o filme “Sou como Sou”, realizado pelos jovens do  Espaço Projota da Junta de Freguesia da Misericórdia.

Os filmes apresentados integram o projecto O Mundo à Nossa Volta que junta vários programas pedagógicos da associação Os Filhos de Lumière, que conta com o com o apoio do programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian, do ICA, do programa BIP/ZIP, da Cinemateca Portuguesa, das Câmaras Municipais de Lisboa, Serpa e Moita, da Junta de Freguesia da Misericórdia, bem como diversas outras entidades locais e internacionais como a Cinemateca Francesa e os Ministérios da Cultura e da Educação de França.
Out 222014
 
No dia 23 de Outubro às 14h30, será lançado um livro que reúne imagens e textos que resultaram do trabalho desenvolvido durante o biénio 2012-2014 pelos alunos de escolas da Moita e de Bordils, com idades entre os 3 e 15 anos, no âmbito do Programa Coménius Regio.

Serão ainda apresentados alguns dos filmes realizados pelas crianças e jovens que integraram o projeto e será feito um balanço sobre os resultados pelas três entidades que o coordenaram no nosso país.

O evento decorre no Fórum Cultural José Manuel Figueiredo (Baixa da Banheira) no âmbito das Jornadas da Educação, e contará com a presença dos participantes e intervenientes neste projecto

As Câmaras Municipais da Moita e de Bordils, o Agrupamento de Escolas José Afonso em Alhos Vedros, a Escola de Bordils, as associações “Os Filhos de Lumière” e “A Bao A Qu” (na Catalunha) juntaram-se entre 2012 e 2014 para a realização do projecto: "Descobrindo e construindo o património local e europeu através da criação audiovisual", com o apoio do programa Coménius Régio. Bordils-Moita é também o nome do blog onde foram sendo apresentados e partilhados ao longo dos dois anos os trabalhos em ambos os países.

Os alunos das escolas envolvidas, na Moita e em Bordils, exploraram o mundo que os rodeia através da fotografia e do cinema, apoiados pelos seus professores e por cineastas e profissionais de cinema. Observaram, investigaram, filmaram, seleccionaram, montaram e partilharam, descobrindo e dando a conhecer a sua região, cultura e língua, as semelhanças e diferenças, as tradições e memórias, em volta de temas comuns: os bosques e as estações do ano, os bairros e o rio, os espaços vazios e as hortas, os retratos e os ofícios, as palavras e a poesia, as especificidades de cada lugar, de cada país.

O resultado dos trabalhos realizados nos dois países foi apresentado à comunidade em duas exposições - uma em Bordils (que inaugurou em 21 de Junho) e outra em Alhos Vedros (que inaugurou em 26 de Junho). Durante o mês de Setembro, o trabalho realizado na Moita foi ainda exibido na Escola Básica José Afonso em Alhos Vedros.

Para além dos filmes realizados por cada turma, o livro agora apresentado “A Nossa Terra é um Mundo” procura fazer a síntese de todo o trabalho, dando conta dos temas e objectivos, das metodologias e processos, dos olhares singulares, a partilha entre os dois países e os seus resultados concretos.
Jul 312014
 
Por uma política europeia
de educação ao cinema 

2 Junho de 201

As boas práticas europeias que poderiam fazer escola


1- Na Europa, no contexto escolar - O intercâmbio cultural Comenius "Bordils-Moita"

"Bordils-Moita" é um projecto inovador, lançado em 2012 e que se estende até 2014. Trata-se de uma parceria entre a associação portuguesa Os Filhos de Lumière e a associação catalã A Bao A Qu, as escolas José Afonso em Alhos Vedros, Moita, perto de Lisboa, e a escola de Bordils na Catalunha, Espanha. A parceria construiu-se no âmbito do programa europeu Comenius Régio que o financiou.
As duas associações participam para além disso no programa da Cinemateca Francesa Le Cinéma cent ans de Jeunesse (Cinema, cem anons de juventude). Esta parceria tomou a forma de um "intercâmbio cultural e audiovisual" na perspectiva de "descobrir e construir o património local e europeu através da criação audiovisual ".

O projecto junta as escolas no seu conjunto, associando todas as turmas compostas de alunos dos 3 aos 13 anos. Os alunos partilham com os colegas do seu ano escolar. (...) Ao longo de todo o ano, todas as turmas tiveram a oportunidade de dar a descobrir a sua região através de um Blog que lhes foi disponibilizado – www.bordilsmoita.org -  onde publicaram as fotografias e filmes realizados, os sons e os textos. O carácter documental foi o mais desenvolvido. O projecto termina com uma exposição nas duas cidades, projecções de filmes e a edição de um livro, para dar o devido valor aos trabalhos realizados.

Este projecto inovador, realizado no contexto europeu, surge como um modelo de colaboração e de educação artística. Embora neste caso a educação ao cinema não seja a principal prioridade, podemos imaginar que no futuro, intercâmbios culturais similares poderão desenvolver-se entre escolas fazendo da prática do cinema o ponto central do projecto.



Jun 302014
 

A Nossa Terra é um Mundo Exposição em Alhos Vedros (2) from Os Filhos de Lumiere on Vimeo.

Durante dois anos, alunos e professores da escola de Bordils e do Agrupamento de Escolas José Afonso na Moita exploraram o mundo que os rodeia através da fotografia e do cinema, apoiados por cineastas e profissionais de cinema. Observaram, investigaram, filmaram, seleccionaram, montaram e partilharam, dando a conhecer a sua região, cultura e língua, as semelhanças e diferenças, as tradições e memórias, em volta de temas comuns: os bosques e as estações do ano, os espaços vazios, as hortas, os retratos, os ofícios, de cada lugar...
A exposição foi apresentada na Praça da República, em Alhos Vedros de 28 de Junho a 5 de Julho de 2014. Em Setembro, a exposição será apresentada na Escola E.B.2.3. José Afonso em Alhos Vedros e a seguir no espaço DNA Lisboa.
Jun 292014
 


A Nossa Terra é um Mundo Exposição em Alhos Vedros (1) from Os Filhos de Lumiere on Vimeo.


Durante dois anos, alunos e professores da escola de Bordils e do Agrupamento de Escolas José Afonso na Moita exploraram o mundo que os rodeia através da fotografia e do cinema, apoiados por cineastas e profissionais de cinema. Observaram, investigaram, filmaram, seleccionaram, montaram e partilharam, dando a conhecer a sua região, cultura e língua, as semelhanças e diferenças, as tradições e memórias, em volta de temas comuns: os bosques e as estações do ano, os espaços vazios, as hortas, os retratos, os ofícios, de cada lugar...

A exposição foi apresentada na Praça da República, em Alhos Vedros de 28 de Junho a 5 de Julho de 2014. Em Setembro, a exposição será apresentada na Escola E.B.2.3. José Afonso em Alhos Vedros e a seguir no espaço DNA Lisboa.
Jun 272014
 

As associações Os Filhos de Lumière e A Bao A Qu (na Catalunha), as Câmaras Municipais da Moita e de Bordils, o Agrupamento de Escolas de Alhos Vedros e a Escola de Bordils, juntaram-se no biénio 2012 - 2014 para a realização do projecto: Descobrindo e construindo o património local e europeu através da criação audiovisual, um modelo de cooperação entre o município e a cultura, o conhecimento e a coesão social" desenvolvido no âmbito do programa Comenius Régio.

Durante dois anos, alunos e professores da escola de Bordils e do Agrupamento de Escolas José Afonso na Moita exploraram o mundo que os rodeia através da fotografia e do cinema, apoiados por cineastas e profissionais de cinema. Observaram, investigaram, filmaram, seleccionaram, montaram e partilharam, dando a conhecer a sua região, cultura e língua, as semelhanças e diferenças, as tradições e memórias, em volta de temas comuns: os bosques e as estações do ano, os espaços vazios, as hortas, os retratos, os ofícios, de cada lugar...

Os alunos de Bordils deram a conhecer o seu trabalho e o trabalho dos alunos da Moita numa exposição que decorreu a 21 de junho em Bordils com a presença dos participantes de Bordils e de representantes dos três parceiros portugueses. No dia 28 de Junho as 21h30, será inaugurada uma exposição na Praça da República, em Alhos Vedros na Moita, que irá dar conta do trabalho realizado ao longo destes dois anos nas duas regiões com a presença dos parceiros espanhóis.

Em Portugal será lançado em breve “A Nossa Terra é um Mundo” um livro que reúne imagens e textos do trabalho desenvolvido durante os dois anos pelos alunos das escolas de ambos os países.