Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

Out 242009
 








No dia 10 de Outubro às 16h foram apresentados no Teatro Municipal da Guarda os filmes realizados pelos jovens das Aldeias de Crianças SOS que resultaram das oficinas de iniciação ao cinema O Primeiro Olhar, em Fevereiro e Março de 2008.
Três grupos de jovens entre os 11 e os 15 anos, das três Aldeias de Crianças SOS, Bicesse (Estoril), Guarda e Gulpilhares em V.N.de Gaia, descobriram o que é a arte cinematográfica começando pelo visionamento e análise de filmes e depois pela sua experimentação.
Cada um dos grupos foi responsável pelo filme realizado na sua própria aldeia (argumento, realização, personagens principais, montagem etc) enquanto os outros ocupavam os outros lugares da equipa técnica.
Foram assim rodando todos, ao longo dos três filmes, pelos diferentes papéis essenciais à realização de cada um.
Os três filmes: “O Encontro de Joaquim” (realizado pelo grupo de Bicesse), “Amigos Para Sempre” (realizado pelo grupo da Guarda) e “17 de Fevereiro” (realizado pelo grupo de V.N.de Gaia, foram apresentados na sala de cinema do Teatro Municipal da Guarda na presença de todos os seus jovens participantes, dos responsáveis das Aldeias de Crianças SOS, do Serviço Educativo do Teatro Municipal da Guarda, da Associação Os Filhos de Lumière e do público em geral. No final da sessão, houve um debate onde os muito jovens autores das três aldeias falaram com grande entusiasmo sobre esta sua experiência no campo do cinema.
Fev 102008
 
Realização de uma oficina em Bicesse dirigida a um grupo de jovens entre os 11 e os 16 anos em parceria com a associação Aldeias de Crianças SOS.



Oficina orientada por Teresa Garcia (realização) André Godinho (imagem), Mafalda Roma (som), Pierre-Marie Goulet, (montagem), José Lã Correia (produção).
Dez 312006
 
Em 2006: as 7 oficinas O Primeiro Olhar foram apoiados pelo ICAM (Instituto do Cinema, Audiovisual e Multimédia) – Programa VER, e realizados em parceria com as seguintes entidades: as Câmaras Municipais de Torres Novas e de Serpa, a Fundação Gomes Teixeira (Universidade Junior do Porto), a associação Aldeias de Crianças S.O.S. (que reuniu jovens do norte, do centro e do sul) e o Centro de Pedagogia e Animação do CCB (duas edições) ; As duas edições de O Primeiro Olhar, em França, foram realizadas em parceria com a associação cultural Docs Aux Sels e integradas no programa Ciné-Cinéville que recentemente passou a chamar-se Passeurs de Images (e recebeu o apoio dos ministérios da cultura e da educação franceses).
O curso de cinema que se está a realizar na Escola Secundário de Serpa ao longo do ano lectivo (2006/2007) integrado no programa pedagógico Le cinéma, cent ans de jeunesse teve a participação financeira da Cinemateca francesa, da Câmara Municipal de Serpa e ICAM- Programa Ver
Out 102006
 

O Primeiro Olhar 35 em Bicesse (Cascais)
Realização de uma oficina com um grupo de 15 jovens entre os 14 e os 17 anos em parceria com a associação das Aldeias de Crianças SOS.
Orientado por Luís Alvarães (realização), Carlos Assis (imagem), José Manuel Gonçalves (som), Rui Martins (montagem) e José Lã Correia (produção).