Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

Out 202016
 

DocEscolas, serviço educativo do Festival DocLisboa, apresenta sessões de cinema para alunos dos vários graus de ensino, com debates a acompanhar os filmes, nomeadamente em parceria com Os Filhos de Lumière.

Na terça-feira 25 de Outubro de 2016 às 14h00, no Cinema São Jorge em Lisboa, serão apresentado  duas curtas-metragens da Colecção CinEd e um filme realizado em contexto de oficinas de sensibilização ao cinema.
Projecção, seguida de uma conversa.

Rentrée des classes, de Jacques Rozier, 1955, França, 24 min

Numa pequena vila em Provence, um novo ano lectivo inicia-se. René não fez o trabalho de casa para as férias, por isso, atira a mochila ao rio. Quase a chegar à escola, René volta para trás em direcção à floresta. Rodeado pela natureza, submerso pela luz, permite-se à pequena extravagância de faltar à aula por umas horas até que, por acaso, reencontra a mochila.

Petite Lumière, de Alain Gomis, 2003, França, Senegal, 15 min

Dakar, Senegal. Fatima, uma rapariga de 8 anos, interroga-se, de cada vez que abre o frigorífico, se a luz permanece acesa quando fecha a porta do mesmo. Descobre que não. Fatima sai à rua, fecha os olhos, abre-os e volta a fechá-los… Será que as pessoas continuam a existir quando ela fecha os olhos

Uma Aventura no Rio - realizados pelos alunos da Escola de Mértola no âmbito do projecto “O Primeiro Olhar“.
Out 112016
 
No âmbito de uma parceria com o Arquitecturas Film Festival, exibição do filme Em Construção (En Construcción) de José Luis Guerin seguido de uma conversa com os convidados José Manuel Martins, João Soares e Jorge Branquinho com curadoria de Luís Ferro.

Para além da renovação do ambiente físico construído, a reabilitação urbana pressupõe uma profunda e invisível transformação interior. De acordo com Pierre Nora, a memória humana está ancorada aos espaços que habitamos física e mentalmente (Nora, 1989), e a sua transformação implica necessariamente uma revisão das noções de identidade e de memória individual e coletiva, uma vez que esses lugares são os fios que unem o passado ao presente. Os filmes En Construcción (2001) e Henriqueta, Uma Cartografia Íntima (2008-2012) exploram as noções de identidade e memória associadas à reabilitação urbana e serão comentados por um coletivo de cineastas e académicos ligados aos domínios da Arquitetura, Cinema, Filosofia e Sociologia. 

Esta sessão integra o programa Moving Cinema e No País do Cinema.
Curadoria de Luís Ferro 
Produção: Os Filhos de Lumière 
Parcerias Institucionais: Coleção B e Rua das Gaivotas6
Convidados: José Manuel Martins (Diretor do Departamento de Filosofia da UÉ), João Soares (Diretor do Programa de Doutoramento em Arquitetura da UÉ) Jorge Branquinho (Cinema-fora-dos Leões)

Out 032016
 
Shelter, de Dragomir Sholev, será apresentado na quarta-feira, 5 de Outubro de 2016, às 18h00, no espaço Rua das Gaivotas 6, em Lisboa, no âmbito do ciclo No País do Cinema, da associação Os Filhos de Lumière em Lisboa e do Cinema-Fora-dos Leões em Évora.

Este filme integra o programa CinEd, programa europeu de educação para o cinema dirigido aos jovens, promovido pelo Institut Français e dinamizado em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière. 
CinEd associa A Bao A Qu (Espagne), Os Filhos de Lumière (Portugal), GET-Cooperativa sociale (Italie), NexT et Macondo (Roumanie), SEVEN (Bulgarie), Association of Czech Film Clubs (République tchèque) e apoiado pela Europa Criativa / programa Media. Trata-se de um programa inovador e estruturado de educação ao cinema que propõe uma selecção de filmes europeus e recursos pedagógicos em oito línguas, disponíveis numa plataforma digital com qualidade para projecção em sala, englobando também uma componente de formação de professores e da prática de cinema.
Set 142016
 

Roturas e Ligamentos - Filmar 21 from Os Filhos de Lumiere on Vimeo.

Filme colectivo realizado no âmbito da oficina Filmar 21 em Lisboa.
Durante os meses de Abril e Maio de 2016, foram desenvolvidas pela associação Os Filhos de Lumière duas acções de formação Filmar em Lisboa. 
Estas acções de formação para professores visam a experimentação das metodologias e práticas de trabalho desenvolvidas nas oficinas com crianças e jovens, e enquadram-se no quadro de actividades dos projectos europeus CinEd e Moving Cinema
As formaçõe são creditadas pelo Centro de Formação Calvet de Magalhães 
Cineastas Formadores: Teresa Garcia (realização), Rossana Torres (realização, montagem), José Lã Correia (imagem), Patrícia Gomes (produção e apoio imagem), Maria Maranha (som).
Set 132016
 

As Coisas Feitas em Ferro - Filmar 20 from Os Filhos de Lumiere on Vimeo.

Filme colectivo realizado no âmbito da oficina Filmar 20 em Lisboa.
Durante os meses de Abril e Maio de 2016, foram desenvolvidas pela associação Os Filhos de Lumière duas acções de formação Filmar em Lisboa. 
Estas acções de formação para professores visam a experimentação das metodologias e práticas de trabalho desenvolvidas nas oficinas com crianças e jovens, e enquadram-se no quadro de actividades dos projectos europeus CinEd e Moving Cinema
As formaçõe são creditadas pelo Centro de Formação Calvet de Magalhães 
Cineastas Formadores: Teresa Garcia (realização), Rossana Torres (realização, montagem), José Lã Correia (imagem), Patrícia Gomes (produção e apoio imagem), Maria Maranha (som).
Set 092016
 
O Espírito da Colmeia, de Victor Erice, será apresentado na quarta-feira 14 de Setembro de 2016 às 18h00 no espaço Rua das Gaivotas 6, em Lisboa, no âmbito do ciclo No País do Cinema, ciclo de cinema da associação Os Filhos de Lumière, em parceria com O Cinema Fora dos Leões em Évora e com apoio do ICA.

Esta sessão está integrada no projecto europeu Moving Cinema . Os parceiros do projecto Moving Cinema são: A Bao A Qu (Catalunha/Espanha),  Os Filhos de Lumière (Portugal), Meno Avilys (Lituânia). A França (através da Cinemateca francesa) e  o Centre for the Moving Image (Escócia/Reino Unido)

Este filme integra ainda o programa CinEd, programa europeu de educação para o cinema dirigido aos jovens, promovido pelo Institut Français e dinamizado em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière.
CinEd associa A Bao A Qu (Espagne), Os Filhos de Lumière (Portugal), GET-Cooperativa sociale (Italie), NexT et Macondo (Roumanie), SEVEN (Bulgarie), Association of Czech Film Clubs (République tchèque) e apoiado pela Europa Criativa / programa Media. Trata-se de um programa inovador e estruturado de educação ao cinema que propõe uma selecção de filmes europeus e recursos pedagógicos em oito línguas, disponíveis numa plataforma digital com qualidade para projecção em sala, englobando também uma componente de formação de professores e da prática de cinema.