Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

Jun 072019
 


No dia 7 de Junho de 2019, 2 alunos do Clube de Cinema da Escola Secundária Miguel Torga, em Queluz, Sintra, apresentaram o seu filme-ensaio (filme final) "Mãe e Filha", na Cinemateca francesa em Paris em representação de todos os membros do Clube. Estavam presentes também um dos professores e a cineasta-formadora.

Este filme-ensaio resulta do trabalho de iniciação ao cinema em que participaram ao longo do ano lectivo 2018-2019 sobre o tema "A Situação".

Partilharam com centenas de outros participantes de várias regiões de França, Espanha, Bélgica, Itália, Inglaterra, Escócia, Alemanha, Bulgária, Lituânia, Finlândia, Brasil, México, Argentina, Índia e Japão - a sua experiência e processo de trabalho na realização dos seus filmes e assistiram à projecção e apresentação dos filmes dos outros participantes neste programa, neste dia e no dia seguinte.

Este dispositivo pedagógico, que tem vindo a ser desenvolvido em Portugal pela mão da Associação Cultural Os Filhos de Lumière desde 2006, é realizado em parceria com a Cinemateca Francesa (coordenadora do programa geral) e com a Cinemateca Portuguesa e integra o projecto "O Mundo à Nossa Volta / Eu e o Mundo” com o apoio do ICA, do Programa Gulbenkian Conhecimento, das Câmaras Municipais de Lisboa, de Sintra, de Serpa, dos Ministérios da Cultura e da Educação de França, do Instituto Camões e Embaixada de Portugal em França, e ainda das escolas e diversas entidades locais que participam no apoio às viagens dos participantes à Cinemateca francesa em Paris.
Jun 062019
 


No dia 6 de Junho de 2019, 8 alunos do Clube de Cinema da Escola Secundária de Camões , em Lisboa apresentaram o seu filme-ensaio (filme final) "Espelho", na Cinemateca francesa em Paris em representação de todos os membros do Clube. Estavam presentes também um dos professores e a cineasta-formadora.

Este filme-ensaio resulta do trabalho de iniciação ao cinema em que participaram ao longo do ano lectivo 2018-2019 sobre o tema "A Situação". Foi também apresentado,no âmbito dos 25 anos do programa um testemunho de uma antiga aluna do Clube de Cinema.

Partilharam com centenas de outros participantes de várias regiões de França, Espanha, Bélgica, Itália, Inglaterra, Escócia, Alemanha, Bulgária, Lituânia, Finlândia, Brasil, México, Argentina, Índia e Japão - a sua experiência e processo de trabalho na realização dos seus filmes e assistiram à projecção e apresentação dos filmes dos outros participantes neste programa, neste dia e no dia seguinte.

Este dispositivo pedagógico, que tem vindo a ser desenvolvido em Portugal pela mão da Associação Cultural Os Filhos de Lumière desde 2006, é realizado em parceria com a Cinemateca Francesa (coordenadora do programa geral) e com a Cinemateca Portuguesa e integra o projecto "O Mundo à Nossa Volta / Eu e o Mundo” com o apoio do ICA, do Programa Gulbenkian Conhecimento, das Câmaras Municipais de Lisboa, de Sintra, de Serpa, dos Ministérios da Cultura e da Educação de França, do Instituto Camões e Embaixada de Portugal em França, e ainda das escolas e diversas entidades locais que participam no apoio às viagens dos participantes à Cinemateca francesa em Paris.
Jun 052019
 


No dia 5 de Junho de 2019, 12 alunos do Clube de Cinema da Escola Secundária de Serpa apresentaram o seu filme-ensaio (filme final) "O Cavaleiro Andante", na Cinemateca francesa em Paris em representação de todos os membros do Clube. Estavam presentes também os professores e os cineastas-formadores.

Este filme-ensaio resulta do trabalho de iniciação ao cinema em que participaram ao longo do ano lectivo 2018-2019 sobre o tema "A Situação". Foi também apresentado, no âmbito dos 25 anos do programa, um testemunho de um antigo aluno do Clube de Cinema que participou na primeira edição do programa em 2006, em Serpa.

Partilharam com centenas de outros participantes de várias regiões de França, Espanha, Bélgica, Itália, Inglaterra, Escócia, Alemanha, Bulgária, Lituânia, Finlândia, Brasil, México, Argentina, Índia e Japão - a sua experiência e processo de trabalho na realização dos seus filmes e assistiram à projecção e apresentação dos filmes dos outros participantes neste programa, neste dia e no dois dias seguintes.

Este dispositivo pedagógico, que tem vindo a ser desenvolvido em Portugal pela mão da Associação Cultural Os Filhos de Lumière desde 2006, é realizado em parceria com a Cinemateca Francesa (coordenadora do programa geral) e com a Cinemateca Portuguesa e integra o projecto "O Mundo à Nossa Volta / Eu e o Mundo” com o apoio do ICA, do Programa Gulbenkian Conhecimento, das Câmaras Municipais de Lisboa, de Sintra, de Serpa, dos Ministérios da Cultura e da Educação de França, do Instituto Camões e Embaixada de Portugal em França, e ainda das escolas e diversas entidades locais que participam no apoio às viagens dos participantes à Cinemateca francesa em Paris.
Jun 042019
 
Programa da presentação dos filmes finais realizados no âmbito do programa pedagógico e internacional "Cinema, Cem Anos de Juventude / O Mundo à Nossa Volta" 2018-2019, que terá lugar na Cinemateca Francesa em Paris nos dias 5, 6 e 7 de Junho, com a presença de participantes dos 15 países envolvidos. 

Na capa do programa da Cinemateca Francesa, foto de rodagem do filme-ensaio "Espelho" do Clube de Cinema da Escola Secundária de Camões, em Lisboa.

21 jovens portugueses, entre os 15 e os 18 anos, da Escola Secundária de Serpa, Escola Secundária do Camões em Lisboa e Escola Secundária Miguel Torga em Queluz/Sintra, vão apresentar na sala Henri Langlois da Cinemateca Francesa, em Paris, os filmes-ensaio que resultaram do trabalho de iniciação ao cinema em que participaram ao longo deste ano lectivo. Em representação de todos os que participaram no programa pedagógico "Cinema, Cem Anos de Juventude/O Mundo à Nossa Volta" - projecto internacional que a associação Os Filhos de Lumière tem vindo a implementar em escolas portuguesas desde 2006/2007, este ano em escolas de Lisboa, Odivelas, Sintra, Serpa, Évora e Sobral de Monte Agraço os jovens presentes na Cinemateca Francesa irão partilhar com centenas de outros participantes de várias regiões de França, Espanha, Bélgica, Itália, Inglaterra, Escócia, Alemanha, Bulgária, Lituânia, Finlândia, Brasil, México, Argentina, Índia e Japão - a sua experiência e processo de trabalho na realização dos seus filmes e assistir à projecção e apresentação dos filmes dos outros participantes neste programa. 

Mais de duas mil crianças e adolescentes dos países envolvidos neste dispositivo, realizaram durante o ano lectivo 2018/2019 exercícios filmados e filmes-ensaio colectivos a partir das mesmas regras do jogo sobre a questão de cinema do ano em curso: O que é uma situação em cinema?
Os cineastas e professores que orientaram este dispositivo ao longo do ano irão também estar presentes, participar no balanço anual deste programa pedagógico a partir dos seus resultados e pensar em cooperação com os parceiros dos outros países, a nova questão de cinema a investigar e explorar por crianças e jovens no próximo ano lectivo.

Este dispositivo pedagógico, que tem vindo a ser desenvolvido em Portugal pela mão da Associação Cultural Os Filhos de Lumière desde 2006, é realizado em parceria com a Cinemateca Francesa (coordenadora do programa geral) e com a Cinemateca Portuguesa e integra o projecto "O Mundo à Nossa Volta / Eu e o Mundo” com o apoio do ICA, do Programa Gulbenkian Conhecimento, das Câmaras Municipais de Lisboa, de Sintra, de Serpa, dos Ministérios da Cultura e da Educação de França, do Instituto Camões e Embaixada de Portugal em França, e ainda das escolas e diversas entidades locais que participam no apoio às viagens dos participantes à Cinemateca francesa em Paris.
Mar 262019
 

Nos dias 22 e 23 de Março de 2019 teve lugar na Cinemateca Francesa em Paris o encontro do balanço intermédio do programa Cinema, cem anos de juventude 2018-2019 inserido no projecto O Mundo à Nossa Volta da associação Os Filhos de Lumière que reune os participantes portugueses e a equipa de Os Filhos de Lumière com os outros parceiros deste programa pedagógico.

Este encontro tem como objectivo fazer o balanço dos trabalhos realizados desde o iníco do ano lectivo sobre o tema em trabalho " A Situação", partilhar as metodologias experimentadas, visionar os exercícios realizados pelas escolas dos outros países participantes (Japão, Itália, França, Brazil, Finlândia, Bulgária, México) a partir das mesmas regras do jogo e preparar os grandes eixos dos filmes ensaio a realizar durante o terceiro periodo.

Foram apresentados os trabalhos de 3 das 9 escolas portuguesas que participam este ano no projecto: Escola Secundária de Serpa, Escola Secundária Muguel Torga em Queluz, Sintra e Escola Secundária de Camões em Lisboa.

Estiveram presentes os professores da Escola Secundária de Serpa assim como os cineastas-formadores Teresa Garcia, Rossana Torres, Ana Eliseu, Djanira Oliveira e Pierre-Marie Goulet. 

Estas oficinas que se realizam no meio escolar desde 2006, são organizadas em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière, em parceria com a Cinemateca Portuguesa, e fazem parte do projecto internacional “Le Cinéma, cents ans de jeunesse” coordenado pela Cinemateca francesa e tem o apoio, entre outros, do ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual, da Câmara Municipal de Lisboa, da Câmara Municipal de Serpa, da Câmara Municipl de Sintra, do Instituto Camões-Centro Cultural Português em Paris e varia outras entidades.

Uma destas oficinas integra o Programa Conhecimento da Fundação Calouste Gulbenkian 
Jun 112017
 


Em 9 de Junho, terceiro e ultimo dia dos encontros internacionais de Cinema cent ans de jeunesse, foi apresentado o filme-ensaio "Encontro de Jovens" realizado em Mértola por os alunos da turma de 11ºC do Agrupamento de Escolas de Mértola, e mais uma vez o grupo de alunos que veio representar a turma que o realizou esteve presente para falar sobre o filme e partilhar com todos os outros participantes a sua experiência e o seu processo de trabalho.

Ao longo do dia foram assistindo e partilhando impressões sobre os filmes de outros grupos e de outras escolas e países apresentados e partilhados entre os participantes sobre o tema do jogo no cinema a partir dos filmes que viram e das mesmas regras do jogo.