Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

Mai 092018
 


Rossana Torres e Ana Eliseu da associação Os Filhos de Lumière apresentaram  o projecto de educação ao cinema CinEd no Cine Teatro Marques Duque em Mértola. Esta comunicação estava inserida nos encontros sobre educação organizada pela Câmara Municipal de Mértola

CinEd é um projecto de cooperação europeia dedicado à transmissão do cinema para reflectir sobre o mundo. Elaborado a partir de uma colecção de filmes (por agora), de Espanha, Portugal, Itália, Roménia, Bulgária, República Checa, Finlândia e França e o seu objectivo é dar a descobrir a riqueza do cinema europeu aos jovens de várias faixas etárias, seja no âmbito escolar ou fora da escola. 

Este projecto é coordenado pelo Instituto Francês, com o apoio pedagógico da Cinemateca Francesa através do programa internacional (Cinéma, Cem anos de Juventude) e tem o apoio financeiro da Europa Criativa, do programa MEDIA – Desenvolvimento de Audiências. Em Portugal, o projecto é da responsabilidade da associação Os Filhos de Lumière.
Mai 092018
 


Rossana Torres e Ana Eliseu da associação Os Filhos de Lumière apresentaram  o projecto de educação ao cinema CinEd no Cine Teatro Marques Duque em Mértola. Esta comunicação estava inserida nos encontros sobre educação organizada pela Câmara Municipal de Mértola

CinEd é um projecto de cooperação europeia dedicado à transmissão do cinema para reflectir sobre o mundo. Elaborado a partir de uma colecção de filmes (por agora), de Espanha, Portugal, Itália, Roménia, Bulgária, República Checa, Finlândia e França e o seu objectivo é dar a descobrir a riqueza do cinema europeu aos jovens de várias faixas etárias, seja no âmbito escolar ou fora da escola. 

Este projecto é coordenado pelo Instituto Francês, com o apoio pedagógico da Cinemateca Francesa através do programa internacional (Cinéma, Cem anos de Juventude) e tem o apoio financeiro da Europa Criativa, do programa MEDIA – Desenvolvimento de Audiências. Em Portugal, o projecto é da responsabilidade da associação Os Filhos de Lumière.
Mai 092018
 


Rossana Torres e Ana Eliseu da associação Os Filhos de Lumière apresentaram  o projecto de educação ao cinema CinEd no Cine Teatro Marques Duque em Mértola. Esta comunicação estava inserida nos encontros sobre educação organizada pela Câmara Municipal de Mértola

CinEd é um projecto de cooperação europeia dedicado à transmissão do cinema para reflectir sobre o mundo. Elaborado a partir de uma colecção de filmes (por agora), de Espanha, Portugal, Itália, Roménia, Bulgária, República Checa, Finlândia e França e o seu objectivo é dar a descobrir a riqueza do cinema europeu aos jovens de várias faixas etárias, seja no âmbito escolar ou fora da escola. 

Este projecto é coordenado pelo Instituto Francês, com o apoio pedagógico da Cinemateca Francesa através do programa internacional (Cinéma, Cem anos de Juventude) e tem o apoio financeiro da Europa Criativa, do programa MEDIA – Desenvolvimento de Audiências. Em Portugal, o projecto é da responsabilidade da associação Os Filhos de Lumière.
Mai 082018
 

Na quarta-feira 9 de maio  ás 15h Rossana Torres e Ana Eliseu da associação Os Filhos de Lumière irão apresentar uma comunicação sobre o projecto de educação ao cinema CinEd no Cine Teatro Marques Duque em Mértola. Esta comunicação está inserida nos encontros sobre educação organizada pela Câmara Municipal de Mértola

CinEd é um projecto de cooperação europeia dedicado à transmissão do cinema para reflectir sobre o mundo. Elaborado a partir de uma colecção de filmes (por agora), de Espanha, Portugal, Itália, Roménia, Bulgária, República Checa, Finlândia e França e o seu objectivo é dar a descobrir a riqueza do cinema europeu aos jovens de várias faixas etárias, seja no âmbito escolar ou fora da escola. 

Este projecto é coordenado pelo Instituto Francês, com o apoio pedagógico da Cinemateca Francesa através do programa internacional (Cinéma, Cem anos de Juventude) e tem o apoio financeiro da Europa Criativa, do programa MEDIA – Desenvolvimento de Audiências. Em Portugal, o projecto é da responsabilidade da associação Os Filhos de Lumière.
Mai 082018
 

Na quarta-feira 9 de maio  ás 15h Rossana Torres e Ana Eliseu da associação Os Filhos de Lumière irão apresentar uma comunicação sobre o projecto de educação ao cinema CinEd no Cine Teatro Marques Duque em Mértola. Esta comunicação está inserida nos encontros sobre educação organizada pela Câmara Municipal de Mértola

CinEd é um projecto de cooperação europeia dedicado à transmissão do cinema para reflectir sobre o mundo. Elaborado a partir de uma colecção de filmes (por agora), de Espanha, Portugal, Itália, Roménia, Bulgária, República Checa, Finlândia e França e o seu objectivo é dar a descobrir a riqueza do cinema europeu aos jovens de várias faixas etárias, seja no âmbito escolar ou fora da escola. 

Este projecto é coordenado pelo Instituto Francês, com o apoio pedagógico da Cinemateca Francesa através do programa internacional (Cinéma, Cem anos de Juventude) e tem o apoio financeiro da Europa Criativa, do programa MEDIA – Desenvolvimento de Audiências. Em Portugal, o projecto é da responsabilidade da associação Os Filhos de Lumière.
Abr 182018
 

A.E. de Mértola - Clube de Cinema - Exercícios 2018 from Os Filhos de Lumiere on Vimeo.

exercícios do programa Cinema, cem anos de juventude 2017-2018 sobre o tema "Lugares, histórias"

regras do jogo dos exercícios:


1/ Exercício individual (ou em pares), se possível fora do tempo escolar: Apresentem um lugar que seja importante para vocês, fotografando-o (3 ou 4 fotografias) ou filmando-o (de 1 a 4 planos, no total de 2 minutos máximo). Estejam atentos para perceber a sensação que oferece esse lugar. O lugar é apresentado sem personagem de ficção.

2/ Exercício com um grupo pequeno: Escolham um lugar e filmem a entrada nesse lugar: um pouco antes e no momento de entrada. Máximo 2 minutos. O lugar escolhido deve ser, se possível, um dos lugares encontrados para o primeiro exercício.

3/ Exercício com um grupo pequeno: Filmem um lugar no presente, introduzindo uma outra temporalidade (por exemplo do passado). Isto deve passar principalmente (mas não exclusivamente) por um trabalho sobre a banda sonora (voz, sons, música…), o som e a imagem podem ser assíncronos.