Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

Jan 312020
 
Em abertura do 2º Encontro Cinema e Educação "Indisciplinar a Escola" -  organizado conjuntamente pela Cinemateca Portuguesa, o Plano Nacional das Artes e a associação Os Filhos de Lumière - o filme "L'Intrusa" de Leonardo Di Costanzo será apresentado na segunda-feira 10 de fevereiro de 2020 às 21h30 na Cinemateca Portuguesa com a presença do realizador.

A projecção será seguida de uma conversa com Leonardo di Costanzo e Alain Bergala.

"Como numa Antígona moderna, somos apresentados a Giovanna, trabalhadora abnegada numa casa que alberga crianças desfavorecidas da cidade de Nápoles. A entrada em cena de Maria, a mulher de um perigoso criminoso da Camorra, e das suas duas filhas vai desestabilizar esta frágil comunidade, colocando Giovanna numa situação de impasse, entre a decisão de expulsar ou de proteger esta família. Di Costanzo, cineasta com uma longa carreira no documentário, assina aqui apenas a sua segunda longa-metragem de ficção, recorrendo a cenários naturais e atores não profissionais (muito deles crianças e jovens) que falam o pouco ouvido dialeto napolitano. " in programa da Cinemateca Portuguesa
Nov 242018
 


No âmbito de Eterna Biblioteca - 16º Encontro de Professores e Educadores do Concelho de Sintra que teve lugar no Auditório do Centro Cultural Olga Cadaval, no dia 23 de Novembro às 11h30, a associação Os Filhos de Lumière apresentou os seus projectos e metodologia de trabalho com jovens, professores e mediadores culturais no panel “Para um Plano Nacional de Cinema”, com moderação de Isabel Mendinhos, da Rede de Bibliotecas Escolares. Teresa Garcia apresentou os diversos projectos - O Mundo à Nossa Volta: Cinema, cem anos de juventude e O Primeiro Olhar e Filmar assim como os projectos europeus CinEd, Shortcut e Le Cinéma, cent ans de jeunesse) implantados em Portugal e em Sintra pela associação, e Djanira Oliveira apresentou exemplos de trabalho prático com os professores e alunos da Escola Secundária Miguel Torga no âmbito do projecto Cinema, cem anos de juventude. Os professores da E.S.Miguel Torga que participam nesta oficina faziam parte também deste panel.

Panel “Para um Plano Nacional de Cinema”:
Isabel Mendinhos -  Rede de Bibliotecas Escolares, moderação
Teresa Garcia e Djanira Oliveira - Os Filhos de Lumière
Maria José Romão, Rui Martins, Ana Catarina Alves - Escola Secundária Miguel Torga
Maria João Martins - Divisão de Educação e Juventude da C.M. de Sintra
Out 242017
 
O Segundo Debate à volta da Mediação Artística e Cultural terá lugar no dia 24 de outubro de 2017, pelas 17h30, no Salão Nobre da Escola Superior de Educação de Lisboa.

Este debate conta com a participação de Teresa Garcia, para a associação Os Filhos de Lumière e também de Alfredo Martins, Clara Andermatt, Mathieu Menghini.

Objectivos: Com os Debates à volta da Mediação Artística e Cultura da ESELx, pretendemos fomentar o encontro de profissonais que exercem a actividade neste área, de formadores e estudantes, futuros mediadores a fim de trocar experiências, aprofundar a reflexão sobre os domínios e modalidades de intervenção, a definição do perfil profissional e a afirmação desta área de conhecimento.


Coordenação de Curso de Licenciatura em Mediação Artística e Cultural.
Abr 102017
 


No âmbito do Encontro Cinema e Educação, organizado pela Cinemateca Portuguesa e a associação Os Filhos de Lumière, A Professora da Aldeia (Selskaya Uchitelnitsa) de Mark Donskoy, será apresentado na sexta-feira 21 de Abril de 2017 às 19h00 na Cinemateca.
Copia legendada em português.

Neste filme, realizado num momento não muito fácil para a cinematografia soviética, Mark Donskoi aborda um tema clássico na cinematografia do seu país: o choque entre o velho e o novo: uma professora primária é mandada para uma aldeia na Sibéria, onde reina a mais completa ignorância. Ocorre a Revolução Bolchevique, os anos passam e os alunos tornam-se eles mesmos professores, num filme que exalta as virtudes da educação na construção de uma sociedade. 
Primeira exibição na Cinemateca. 
in Programa da Cinemateca