Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

Mai 042017
 

No dia 3 de Maio de 2017 os alunos do Clube de Cinema de Serpa fizeram uma sessão de reperagem para o filme-ensaio (filme final) do programa Cinema, cem anos de juventude 2016-2017 sobre o tema "O Jogo utilzando dispositivos moveis, experimentação realizada no ambîto do projecto Moving Cinema

O Clube de Cinema de Serpa reúne alunos oriundos de duas escolas: Escola Básica Abade Correia da Serra e Escola Secundária de Serpa.
Mar 072017
 

Clube de Cinema de Serpa - Exercícios 2017 from Os Filhos de Lumiere on Vimeo.

exercícios do programa Cinema, cem anos de juventude 2016-2017 sobre o tema "O Jogo"

regra do jogo dos exercícios:

1/ Exercício individual (ou a pares): depois  de escolherem um jogo que gostem e de fazer repérages, filmar esse jogo de forma documental. Este jogo pode ser jogado por uma ou várias crianças, por jovens ou ainda pessoas idosas… Se possível e de preferência, filmar num espaço fora do estabelecimento escolar ou em sua casa.

Um só plano, 2 minutos máximo.

 2/ Exercício em pequenos grupos: a 2 alunos que tenham sido excluídos de uma aula por um professor é lhes atribuído um espaço limitado. Nesse espaço circunscrito, eles improvisam uma brincadeira que inventam com o que tiverem à disposição: corpos, objectos, espaço.

2 minutos máximo. Filmagem plano sequência ou montagem.

 3/ Exercício em pequenos grupos: filmar uma personagem num jogo com a perda de pistas espaciais e temporais*. Para este exercício, filmar ao mesmo tempo a personagem e as sensações físicas que ela experimenta.

* (categoria “vertigem” da tipologia) 
Mar 052017
 

Escola Abade Correia da Serra - Serpa - Exercício 2017 from Os Filhos de Lumiere on Vimeo.

exercícios do programa Cinema, cem anos de juventude 2016-2017 sobre o tema "O Jogo"

regra do jogo dos exercícios:

1/ Exercício individual (ou a pares): depois  de escolherem um jogo que gostem e de fazer repérages, filmar esse jogo de forma documental. Este jogo pode ser jogado por uma ou várias crianças, por jovens ou ainda pessoas idosas… Se possível e de preferência, filmar num espaço fora do estabelecimento escolar ou em sua casa.

Um só plano, 2 minutos máximo.

 2/ Exercício em pequenos grupos: a 2 alunos que tenham sido excluídos de uma aula por um professor é lhes atribuído um espaço limitado. Nesse espaço circunscrito, eles improvisam uma brincadeira que inventam com o que tiverem à disposição: corpos, objectos, espaço.

2 minutos máximo. Filmagem plano sequência ou montagem.

 3/ Exercício em pequenos grupos: filmar uma personagem num jogo com a perda de pistas espaciais e temporais*. Para este exercício, filmar ao mesmo tempo a personagem e as sensações físicas que ela experimenta.

* (categoria “vertigem” da tipologia)
Jan 232017
 


No dia 21 de Janeiro de 2017 os alunos da turma de 9ºano da Escola Secundária de Serpa, que participam no Clube de Cinema de Serpa fizeram uma sessão de filmagem do terceiro exercício do programa Cinema, cem anos de juventude 2016-2017 sobre o tema "O Jogo"

O Clube de Cinema de Serpa reúne alunos oriundos de duas escolas: Escola Básica Abade Correia da Serra e Escola Secundária de Serpa.
Jan 162017
 

O Mundo à Nossa Volta - Isto é Partis from Os Filhos de Lumiere on Vimeo.

De 12 a 15 de janeiro de 2016 vários projetos desenvolvidos com o apoio do PARTIS mostraram o trabalho que têm desenvolvido nas áreas da Música, Teatro, Fotografia, Cinema e até Artes Circenses.

"O Mundo à Nossa Volta - Isto é Partis" reúne excertos das curtas-metragens realizadas por crianças e jovens nas oficinas organizadas por Os Filhos de Lumière, em paralelo com fragmentos de making-of sobre a construção desses filmes.

Procura-se refletir e revelar o processo de criação cinematográfica enquanto forma de desenvolvimento pessoal, de expressão artística, conhecimento de uma nova linguagem, de partilha e contacto com os outros e com o mundo, no âmbito das oficinas de iniciação ao cinema dirigidas a crianças e jovens de meios sensíveis em várias regiões do país, que integram o programa PARTIS – Práticas Artísticas para a Inclusão Social da Fundação Calouste Gulbenkian.