Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

Dez 292011
 





Vão ser apresentados na Cinemateca Portuguesa - quinta-feira 5 de Janeiro de 2012 às 19h00 - os filmes português que resultaram do trabalho de iniciação ao cinema, "Cinema, cem anos de juventude" em que participaram seis turmas de escolas portuguesas ao longo do ano lectivo 2010/2011. Todos estes filmes abordam a mesma questão: “Mostrar/Esconder” no cinema – uma questão que mais de 500 crianças e adolescentes se colocaram no ano lectivo 2010/2011, vendo, analisando e discutindo filmes ao longo do ano sobre este ponto de vista, fazendo exercícios filmados onde descobrem a matéria do cinema, realizando por fim pequenos filmes-ensaio em Portugal, em França, em Espanha, em Itália, no Reino Unido, no Brasil (Rio de Janeiro).

As Cicatrizes do Coração

Escola Secundária de Serpa (8º ano) 7’ 26’’

O Outro Lado
Escola Profissional Fialho de Almeida (Vidigueira) 9’ 45’’

Uma Nova Amizade
Escola Secundária da Baixa da Banheira (Vale da Amoreira, Moita 7º ano) 7’7’’

Lian Xou
Escola Secundária Passos Manuel (Lisboa, 7º ano) 9’ 36’’

A Cassette
Biblioteca Abade Correia da Serra (Serpa, Clube de Cinema) 11’ 24’’

O Diário
Escola E.B.2.3 José Afonso (Alhos Vedros, Moita 7º ano) 8’ 40’’

Projecção seguida de conversa com os participantes portugueses que darão conta da sua experiência neste dispositivo

Além dos filmes portugueses, serão apresentados uma selecção de filmes dos participantes de outros países que fizeram pelo seu lado um filme-ensaio com as mesmas regras do jogo:

Escapada
Escola Els Xiprers, Valividrera - Catalunya - Espanha

Le petit cachottier (O segredinhos)
École Joliot Curie - Ivry sur Seine - França

Resgate
Escola Municipal Rivadávia Corréa - Rio de Janeiro - Brasil

O programa pedagógico “Cinema, cem anos de juventude”, é um projecto experimental de educação ao cinema, coordenado pela Cinemateca Francesa. Este projecto original reúne, à escala europeia, profissionais de cinema, professores, salas de cinema, associações e cinematecas. Criado em França em 1995 na celebração dos cem anos de cinema, este programa pedagógico tem vindo a ser implantado em Portugal pela Associação Os Filhos de Lumière – em parceria com a Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema – desde o ano lectivo 2006/2007.
Ago 022011
 
Os 6 filmes-ensaio (filmes finais) realizados durante o ano lectivo 2010-2011 no âmbito do programa pedagógico "Cinema, cem anos de juventude" estão agora disponíveis no Blog:

Escola José Afonso (E.B.2.3.), Alhos Vedro, Moita, turma de 7ºano:
- O Diário

Escola Profissional Fialho de Almeida, na Vidigueira:
- O Outro Lado

Clube de Cinema, na Biblioteca Abade Correia da Serra, em Serpa:
- A Cassette

Escola Secundária Passos Manuel, em Lisboa. turma de 7ºano:
- Lian Xou

Escola Secundária da Baixa da Banheira, no Vale da Amoreira, Moita, turma de 7ºano:
- Uma Nova Amizade

Escola Secundária de Serpa, turma de 8ºano:
- As Cicatrizes do Coração
Jul 212011
 







Na terça-feira 26 de Julho de 2011 às 22h00 vão ser apresentados na 12ª edição do Festival Noites na Nora que decorre em Serpa de 15 a 30 de Julho, 4 filmes realizados no âmbito do programa pedagógico O Cinema, cem anos de juventude: O Diário, realizado por jovens de Alhos Vedros, O Outro Lado, realizado por jovens da Vidigueira, As Cicatrizes do Coração, realizado por jovens de Serpa e A Cassette, realizado por jovens de Serpa. O Festival Noites da Nora é organizado pela companhia de teatro Baal 17

Várias centenas de crianças e adolescentes em seis países (Portugal, França, Espanha, Itália, Reino Unido e Brasil) realizaram pequenos filmes a partir das mesmas regras do jogo colocando-se este ano uma questão que está no centro de todas as etapas da criação cinematográfica: Mostrar ou esconder?
Desde a escrita do argumento, à escolha dos décores, dos enquadramentos, a representação dos actores, a tomada de som, até ao momento da montagem e das misturas, eles confrontaram-se com a decisão de mostrar ou não, de esconder ou de sugerir apenas.


Jun 082011
 

Quatro jovens entre os 12 e os 18 anos, oriundos de Serpa, Lisboa, Vidigueira e Vale da Amoreira, vão apresentar a 8, 9 e 10 de Junho na Cinemateca Francesa, quatro filmes que resultaram do trabalho de iniciação ao cinema em que participaram ao longo do ano lectivo 2010/2011.

Em representação de quatro das seis turmas que participaram no programa pedagógico Cinema, cem anos de juventude, estes jovens irão partilhar com centenas de participantes (de várias regiões de França, de Espanha, de Itália, da Inglaterra e desde este ano do Brasil) a sua experiência e processo de trabalho na realização dos seus filmes e irão assistir à projecção e apresentação dos filmes de todos os outros participantes neste programa.

900 crianças e adolescentes nos seis países envolvidos neste dispositivo realizaram este ano pequenos filmes a partir das mesmas regras do jogo, colocando-se uma questão que está no centro de todas as etapas da criação cinematográfica. Mostrar ou esconder?

Desde a escrita do argumento, á escolha dos décores, dos enquadramentos, representação dos actores, gravação do som, até á montagem e misturas, eles confrontaram-se com a escolha de mostrar ou não, de esconder, ou ainda de sugerir. Enigmas, segredos e mistérios estarão no programa de 3 dias de apresentação dos filmes que participam no programa pedagógico Cinema cem anos de juventude na Cinemateca Francesa, em Paris.

Os cineastas e professores que orientaram este dispositivo ao longo do ano irão também estar presentes, participar no balanço anual deste programa pedagógico, e na preparação do próximo ano lectivo.

Este projecto que tem vindo a ser desenvolvido em Portugal pela mão da Associação Cultural Os Filhos de Lumière desde há cinco anos, é realizado em parceria com a Cinemateca Francesa e a Cinemateca Portuguesa tem o apoio financeiro do ICA-Programa VER, das Câmaras Municipais de Serpa, Moita e Vidigueira, diversas entidades locais nas quatro cidades, da Cinemateca Francesa e ainda dos Ministérios da Cultura e da Educação de França.