Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

Mar 302014
 
A Comissão Nacional de Protecção das Crianças e Jovens em Risco (CNPCJR) convidou este ano novamente a Associação Os Filhos de Lumière para organizar uma sessão de cinema no âmbito da Campanha Nacional do Mês da Prevenção dos Maus Tratos (MPMT2014) através do seu mais recente projecto " O Mundo à Nossa Volta".

É esta sessão que vai abrir o programa geral da campanha e vai decorrer no dia 2 de Abril, das 16h às 19h30 no Auditório da Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro em Telheiras onde serão apresentados alguns filmes realizados no âmbito das oficinas da associação Os Filhos de Lumière.

Para enriquecer e dinamizar a sessão a associação desafiou outras entidades com quem temos partilhado as nossas práticas artísticas através do programa PARTIS (Práticas Artísticas para a Inclusão Social) promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian: o Teatro Ibisco, o projecto Sons à Margem (música rap e hip-hop) e o MEF (Movimento de Expressão Fotográfica) para intervir através dos seus projectos.

Vão-se assim entrecruzar, filmes realizados em várias regiões (Lisboa, Porto, Moita, Serpa e Alès - França), pequenas situações teatrais construídas por jovens de Loures, músicas RAP e hip hop que vêm do Seixal, uma apresentação e mostra de fotografias tiradas pelos jovens dos Centros Educativos de todo o país através de máquinas construídas por eles próprios, cruzando tudo isso com conversas com o publico presente animadas pelos participantes das 4 entidades intervenientes.

Serão desta forma abordados temas que tocarão os jovens presentes quer tenham ou não participado nestes projectos e contamos que surjam ainda questões sobre como se tornar activo e participativo na sua comunidade através de actividades artísticas de forma a fazer face às suas próprias dificuldades, de crescimento, de inclusão, de se projectar no futuro, de bem estar consigo e com os outros.

Comentadores: Teresa Garcia (e equipa de Os Filhos de Lumière), Luis Rocha (Movimento de Expressão Fotográfica), Zezito e Catarina Aidos (Teatro Ibisco), Marco Balagueira e Rui Abreu (Sons à Margem), Ana Vasconcelos, Pedopsiquiatra

 Com a participação dos autores, realizadores, actores, equipas técnicas  dos filmes apresentados