Nov 212018
 

A terceira sessão da oficina Cined – Crescer com o Cinema, do programa CinEd, teve lugar na Cinemateca Júnior no dia 21 de Novembro de 2018 juntando professores e alunos com Ana Eliseu, formadora da associação cultural Os Filhos de Lumière.

Conteúdos da terceira sessão

– Visionamento do filme Aniki-Bóbó de Manoel de Oliveira
– Apresentação do filme e conversa a seguir a projecção

As sessões de “CinEd – Crescer com o Cinema” alternam trabalho em sala de aula com os alunos, projeções em sala de cinema com as turmas e formação dos professores.

O filme Aniki-Bóbó integra a colecção dos filmes CinEd do programa CinEd, programa europeu de educação para o cinema dirigido aos jovens, promovido pelo Institut Français e dinamizado em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière em parceria, entre outros, com a Cinemateca Portuguesa.

CinEd é um programa europeu de educação ao cinema dirigido a jovens entre os 6 e os 18 anos, criado em 2015. Promovido pelo Institut Français (em Paris), o programa associa 10 parceiros europeus em 9 países (Bulgária – Arte Urbana Collectif / Espanha -– Associação A Bao A Qu / França – Institut français e La Cinémathèque française – parceiro pedagógico / Finlândia – IhmeFilmi / Italia -– GET Cooperativa sociale / Portugal – Os Filhos de Lumière / República Checa – Association of Czech Film Clubs ACFK / Roménia – NEXT / Lituânia – Meno Avilys).

O projecto CinEd tem o apoio do programa Europa Criativa/Média da Comissão Europeia e em Portugal do ICA – Instituto do Cinema e Audiovisual no âmbito do programa Ad Hoc.
Nov 082018
 

8

A terceira sessão da oficina Cined – Crescer com o Cinema, do programa CinEd, teve lugar na Cinemateca Portuguesa na segunda-feira em 8 de Novembro de 2018 juntando professores e alunos com Teresa Garcia e Djanira Oliveira, formadoras da associação cultural Os Filhos de Lumière.
Conteúdos da terceira sessão
– Visionamento do filme O Homem sem Passado, de Aki Kaurismäki
– Apresentação do filme e conversa a seguir a projecção
– Estabelecer relações entre o filme apresentado e outros filmes da colecção CinEd.

As sessões de “CinEd – Crescer com o Cinema” alternam trabalho em sala de aula com os alunos, projeções em sala de cinema com as turmas e formação dos professores.

O filme O Homem sem Passado integra a colecção dos filmes CinEd do programa CinEd, programa europeu de educação para o cinema dirigido aos jovens, promovido pelo Institut Français e dinamizado em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière em parceria, entre outros, com a Cinemateca Portuguesa.

O projecto CinEd tem o apoio do programa Europa Criativa/Média da Comissão Europeia e em Portugal do ICA – Instituto do Cinema e Audiovisual no âmbito do programa Ad Hoc.

Ago 022018
 

Sessão ao ar livre no pátio do Pólo Cultural das Gaivotas | Boavista: O Intervalo, de Leonardo Di Constanzo, no âmbito do projecto “No País do Cinema” seguida de uma conversa com  a equipa de Os Filhos de Lumière.
Este filme integra a colecção dos filmes CinEd do programa CinEd, programa europeu de educação para o cinema dirigido aos jovens, promovido pelo Institut Français e dinamizado em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière em parceria, entre outros, com a Cinemateca Portuguesa e o Cinema Ideal.

Desde o 4 de Julho de 2018, pelo terceiro ano consecutivo, o projecto “No País do Cinema” da associação Os Filhos de Lumière integra-se na programação de Verão do Pólo Cultural das Gaivotas | Boavista: Lusco-Fusco.

Entre Julho e Setembro serão apresentados um conjunto de quatorze filmes (em dez sessões) programados pela associação, em projecções ao ar livre no Pátio do Pólo, na Rua das Gaivotas 8.

Jul 262018
 

Sessão ao ar livre no pátio do Pólo Cultural das Gaivotas | BoavistaO Homem sem Passado, de Aki Kaurismäki, no âmbito do projecto “No País do Cinema” seguida de uma conversa com  a equipa de Os Filhos de Lumière.
Este filme integra a colecção dos filmes CinEd do programa CinEd, programa europeu de educação para o cinema dirigido aos jovens, promovido pelo Institut Français e dinamizado em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière em parceria, entre outros, com a Cinemateca Portuguesa e o Cinema Ideal.

Desde o 4 de Julho de 2018, pelo terceiro ano consecutivo, o projecto “No País do Cinema” da associação Os Filhos de Lumière integra-se na programação de Verão do Pólo Cultural das Gaivotas | Boavista: Lusco-Fusco.

Entre Julho e Setembro serão apresentados um conjunto de quatorze filmes (em dez sessões) programados pela associação, em projecções ao ar livre no Pátio do Pólo, na Rua das Gaivotas 8.

Jul 072018
 

O filme Aniki Bóbó de Manoel de Oliveira foi apresentado na Cinemateca Júnior na sexta-feira 6 de Julho de 2018 numa sessão que juntou, numa iniciativa da  Cinemateca Júnior,  professores e alunos das Escolas Maria Barroso e do Castelo, Lisboa, com a Teresa Garcia e Rossana Torres, formadora de Os Filhos de Lumière e Neva Cerantola da Cinemateca Júnior.

Após uma apresentação do filme e o visonamento, houve uma conversa a seguir a projecção

Este filme integra a colecção dos filmes CinEd do programa CinEd, programa europeu de educação para o cinema dirigido aos jovens, promovido pelo Institut Français e dinamizado em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière.

CinEd é um programa europeu de educação ao cinema dirigido a jovens entre os 6 e os 18 anos, criado em 2015. Promovido pelo Institut Français (em Paris), o programa associa 10 parceiros europeus em 9 países (Bulgária – Arte Urbana Collectif / Espanha -– Associação A Bao A Qu / França – Institut français e La Cinémathèque française – parceiro pedagógico / Finlândia – IhmeFilmi / Italia -– GET Cooperativa sociale / Portugal – Os Filhos de Lumière / República Checa – Association of Czech Film Clubs ACFK / Roménia – NEXT / Lituânia – Meno Avilys).

Jun 222018
 
A partir do 4 de Julho de 2018, pelo terceiro ano consecutivo, o projecto “No País do Cinema” da associação Os Filhos de Lumière integra-se na programação de Verão do Pólo Cultural das Gaivotas | Boavista: Lusco-Fusco.

Entre Julho e Setembro serão apresentados um conjunto de quatorze filmes (em dez sessões) programados pela associação, em projecções ao ar livre no Pátio do Pólo, na Rua das Gaivotas 8.

Entrada livre.
Julho de 2018

04.07: Os Olhos do Farol, de Pedro Serrazina e História Imortal, de Orson Welles
11.07: História Trágica com Final Feliz, de Regina Pessoa e El Sur, de Víctor Erice
18.07: Visita ou Memória e Confissões, de Manoel de Oliveira (a confirmar)
25.07: O Homem sem Passado, de Aki Kaurismäki

Agosto de 2018
01.08: O Intervalo, de Leonardo Di Constanzo
08.08: A Dama de Chandor, de Catarina Mourão
15.08: Bonjour, de André Godinho e Gipsofila, de Margarida Leitão
22.08: Ruinas, de Manuel Mozos e A Casa Esquecida, de Teresa Garcia
29.08: Polifonias – Paci è Saluta, Michel Giacometti, de Pierre-Marie Goulet

Setembro de 2018
05.09: O Salão de Música, de Satyajit Ray

O projecto “No País do Cinema” da associação Os Filhos de Lumière  integra o programa europeu CinEd et tem o apoio do ICA.
Mai 182018
 

   

No âmbito do ciclo No País do Cinema 2018 e do projecto CinEd, projeção de duas curtas-metragens da Colecção CinEd no sábado 26 de Maio de 2018 às 16h00 no espaço cultural  Rua das Gaivotas6, em Lisboa. Sessão seguida de uma conversa com a equipa de Os Filhos de Lumière.

Entrada livre no limite dos lugares disponíveis.

Regresso às Aulas / Rentrée des classes, de Jacques Rozier, 1955, França, 24 min
Luzinha / Petite Lumière, de Alain Gomis, 2003, França, Senegal, 15 min
(v.o. com legendas em português)

“O objectivo destes filmes é pôr-nos na presença de personagens de crianças, de modo a partilharmos verdadeiramente a sua visão do mundo. E, se esta última é singular, parece também lógica e razoável como a dos adultos, sem dúvida por estar marcada por uma força de convicção comunicativa. (…)
Os filmes abrem-se com força à interioridade das personagens, passando pelos sentidos (visão, audição, tacto) e por uma partilha de subjectividades fantasiosas e audaciosas, de territórios do imaginário que dialogam fertilmente entre dois continentes e duas épocas. Pareceu-nos particularmente interessante e generoso propor estes elogios ao sensível e à insolência, que constituem também uma bela definição do cinema.

(textos extraídos do caderno pedagógico CinEd)



Estes filmes
integra a colecção dos filmes CinEd do programa CinEd, programa europeu de educação para o cinema dirigido aos jovens, promovido pelo Institut Français e dinamizado em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière em parceria, entre outros, com a Cinemateca Portuguesa e o Cinema Ideal.

O CinEd associa Os Filhos de Lumière (Portugal), GET-Cooperativa sociale (Itália), NexT et Asociația Culturală Macondo (Roménia), SEVEN (Bulgária), Asociace českých filmových klubů – AČFK (República Checa), IhmeFilmi (Finlândia), A Bao A Qu (Espanha), Cinémathèque Française, Institut français (França), e é apoiado pela Europa Criativa / programa Media.

Esta sessão é organizada em parceira com Rua das Gaivotas6 e com o apoio do ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual.

Mai 142018
 


A décima primeira sessão da oficina Cined – Crescer com o Cinema, do programa CinEd, teve lugar no Cinema Ideal. na segunda-feira 14 de Maio de 2018 juntando professores e alunos com Ana Eliseu, formadora da associação cultural Os Filhos de Lumière.

Conteúdos da terceira sessão

– Visionamento do filme Aniki-Bóbó de Manoel de Oliveira
– Apresentação do filme e conversa a seguir a projecção
– Estabelecer relações entre o filme apresentado e outros filmes da colecção CinEd.

As sessões de “CinEd – Crescer com o Cinema” alternam trabalho em sala de aula com os alunos, projeções em sala de cinema com as turmas e formação dos professores.

O filme Aniki-Bóbó integra a colecção dos filmes CinEd do programa CinEd, programa europeu de educação para o cinema dirigido aos jovens, promovido pelo Institut Français e dinamizado em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière em parceria, entre outros, com a Cinemateca Portuguesa e o Cinema Ideal.O CinEd associa Os Filhos de Lumière (Portugal), GET-Cooperativa sociale (Itália), NexT et Asociația Culturală Macondo (Roménia), SEVEN (Bulgária), Asociace českých filmových klubů – AČFK (República Checa), IhmeFilmi (Finlândia), A Bao A Qu (Espanha), Cinémathèque Française, Institut français (França), e é apoiado pela Europa Criativa / programa Media.
Mai 102018
 


A décima sessão da oficina Cined – Crescer com o Cinema, do programa CinEd, teve lugar na Cinemateca Portuguesa na quarta-feira 9 de Maio de 2018 juntando professores e alunos com
Teresa Garcia e Djanira Oliveira, formadoras da associação cultural Os Filhos de Lumière.

Conteúdos da terceira sessão
– Visionamento do filme A Rapariga mais Feliz do Mundo, de Radu Jude
– Apresentação do filme e conversa a seguir a projecção
– Estabelecer relações entre o filme apresentado e outros filmes da colecção CinEd,
neste caso Pierrot le Fou (Pedro o Louco), de Jean-Luc Godard e O Sangue, de Pedro Costa.As sessões de “CinEd – Crescer com o Cinema” alternam trabalho em sala de aula com os alunos, projeções em sala de cinema com as turmas e formação dos professores.

O filme integra a colecção dos filmes CinEd do programa CinEd, programa europeu de educação para o cinema dirigido aos jovens, promovido pelo Institut Français e dinamizado em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière.O CinEd associa Os Filhos de Lumière (Portugal), GET-Cooperativa sociale (Itália), NexT et Asociația Culturală Macondo (Roménia), SEVEN (Bulgária), Asociace českých filmových klubů – AČFK (República Checa), IhmeFilmi (Finlândia), A Bao A Qu (Espanha), Cinémathèque Française, Institut français (França), e é apoiado pela Europa Criativa / programa Media.