Abr 022017
 

O Encontro Cinema Educação, organizado pela Cinemateca Portuguesa e a associação Os Filhos de Lumière,  vai decorrer de 20 a 22 de Abril de 2017 na Cinemateca Portuguesa

“Num contexto em que volta a ser tema de discussão alargada a relação entre a educação e as artes – não apenas o ensino artístico mas o universo mais vasto da educação pela arte e do papel das artes em todo o âmbito educativo –, num contexto em que vários novos projetos sobre a iniciação ao cinema percorrem a Europa e têm eco no nosso país (CinED, Moving Cinema, Cinéma cent ans de jeunesse), e num contexto em que está, aliás, em desenvolvimento mais uma iniciativa governamental em que se procura a inserção do cinema nos percursos escolares (o Plano Nacional de Cinema), a Cinemateca junta-se à Associação Os Filhos de Lumière para organizar um encontro dedicado às múltiplas vertentes da relação entre o Cinema e a Educação. Coincidindo com as comemorações dos 10 anos da Cinemateca Júnior, o objetivo é integrar a nossa própria reflexão sobre o papel que nos cabe neste âmbito numa reflexão mais ampla sobre o cinema enquanto experiência educativa e sobre o trabalho educativo feito com o cinema. Neste encontro, autores e investigadores de várias áreas – tanto do lado da educação como do lado do cinema – serão convidados a levantar questões e a debater o tema, cruzando experiências e ideias numa agenda de discussão aberta, que permita acima de tudo ampliar o âmbito conceptual normalmente tido em conta neste campo. Não esquecendo experiências passadas inovadoras – muitas delas descontinuadas ou até esquecidas, na área do cinema como na área da pedagogia – o objetivo será o de trabalhar o cinema como um dos contributos possíveis para rasgar as fronteiras mais convencionais da experiência educativa, ao mesmo tempo que se trabalha a experiência educativa como área exploratória de novos caminhos cinematográficos. De um e do outro lado, o desafio é portanto o da própria intensificação da experiência, assim como o da máxima exigência e abertura no decurso dela.”
in programa da Cinemateca

A lista dos intervenientes -portugueses e estrangeiros – será comunicada em breve.

O encontro, aberto a todos os interessados, decorre na Sala M. Félix Ribeiro nos dias 21 e 22 de abril
(21 de abril entre as 10h e as 17h; 22 de abril entre as 10h e as 13h)
e é também o contexto da apresentação de “Révolution École 1918-1939″, de Joanna Grundzinska
e “A Professora da Aldeia”, de Mark Donskoy, nas sessões das 21h30 de 20 e das 19h de 21 de abril.