Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

Out 302002
 
Realização de curtas-metragens individuais e colectivas. Participantes entre 10 e 13 anos
Filmes realizados: Amizade, Curiosa, Confiança, No Parque, O Fuínha, Lutas de Capoeira, Vaidosa, As Escondidas (colectiva).
Formadores: Sandro Aguilar (realização e montagem), Paulo Ares (imagem e som) e Raquel Machado (produção)
Out 272002
 
Realização de curtas-metragens individuais e colectivas. Participantes entre 10 e 13 anos
Filmes realizados: A Menina Perdida, Dois Dois, As Flores, A Ribeira, Partilhar a Bola?, Os Namorados, Vamos ao Cinema, O Rio, Amor Perdido, A Festa de Anos (colectivo).
Formadores: Teresa Garcia e Pierre Marie Goulet (realização e montagem), Bruno Flament (imagem), Mafalda Roma (som) e Raquel Machado (produção).
Set 142002
 
Aniki Bóbó-Manoel de Oliveira
Fotograma do filme Aniki Bóbó de Manoel de Oliveira

Out - Dez 2002 - AUDITÓRIO DE SERRALVES

O Sabor do Cinema é um ciclo de projecções-conversa, programado pela associação Os Filhos de Lumière em parceria com a Fundação de Serralves. A acção desenvolvida pela associação Filhos de Lumière visa implementar práticas de relação com a arte cinematográfica que passam pelo saber-olhar, pelo saber-fazer, na perspectiva de construir públicos para o cinema.

Dirigido ao público infantil e juvenil (crianças a partir dos dez anos de idade), este ciclo de projecções é antecedido de uma apresentação propiciadora de pistas de leitura, que procura estimular a atenção a certos aspectos formais ou temáticos dos filmes. No final de cada sessão, haverá sempre um espaço de debate em que os "filmes que nos falam" passam a ser os "filmes de que falamos".