Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

Jul 212021
 

Plácido, de Luis García Berlanga, será apresentado na quinta-feira 22 de Julho de 2021 às 18h00 no Auditório Soror Mariana em Évora, no âmbito do projecto No País do Cinema numa sessão de Cinema-Fora-dos Leões, em parceria com Os Filhos de Lumière e a Direcção Regional de Cultura do Alentejo, no âmbito do ciclo "Esperpento, logro e anseio" em comemoração do centenário do nascimento de Luis García Berlanga. Entrada livre.

"Uma década após o final da Guerra Civil Espanhola, em pleno regime franquista, deu-se uma importante mudança na indústria cinematográfica espanhola: paulatinamente, os filmes historicistas, religiosos e dramáticos cederam o passo ao sainete espanhol – um género de comédia populista muito comum durante os primeiros anos do franquismo. Foi neste contexto que em 1955 estreou a comédia Historias de la radio, de José Luis Sáenz de Heredia, um importante blockbuster que veio revolucionar o cinema espanhol e incitar a regeneração da indústria através da entrada em cena de novos e talentosos cineastas, entre os quais, Luis García Berlanga.
 
Utilizando o esperpento – um género teatral ibérico de humor negro e de sátira grotesca – como a espada que empunhou contra o regime franquista, Berlanga entregou-se à crítica de todas as formas de poder vigentes na sociedade espanhola dos anos 50 e 60: o conservadorismo do governo franquista, a hipocrisia da igreja e a mesquinhez da sociedade espanhola. Com uma arguta e mordaz inteligência, dedicou-se a reinventar múltiplas formas da mesma ideia: cotejando o próprio Berlanga, «nos meus filmes há sempre alguém que sonha, que anseia e que deseja alcançar algo, mas nunca consegue, é sempre impedido por um complexo logro da sociedade.»

Esta sessão é organizada com o apoio da Direcção Regional de Cultura do Alentejo, do Instituto Cervantes e do ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual.
Jul 202021
 

O projecto CinEd será apresdentado por Rui Machado da Cinemateca Portuguesa no "worshop" da ACE (Association des Cinémathèques Européennes) que terá lugar no 22 de Julho em Bolonha, durante o Festival Il Cinema Ritrovato.

A sessão "Film Literacy" - de 15h às 17h (CET) - centrar-se-á na educação cinematográfica e nas oportunidades que oferece aos membros da ACE através da partilha de boas práticas e da apresentação de projectos relevantes que possam ser utilizados de imediato pelas cinematecas.
(...)
Serão aresentados neste "workshop:  CinArts (apresentado pela Cineteca de Bolonha e Cinémathèque Royale de Bélgique); CinEd (apresentado pela Cinemateca Portuguesa); Cinemini Europa (apresentado pelo Eye Filmmuseum e DFF); e CCAJ Cinéma, cent ans de jeunesse (apresentado pela Cinémathèque française e o BFI)
 

Participantes (em presença ou online): Nathalie Bourgeois, Simone Fratini, Elisa Giovannelli, Paraskevi Karageorgu, Christine Kopf (moderadora), Rui Machado, Adeline Margueron, Mark Reid, Sebastian Rosenow, Florine Wiebenga. Observações finais: Mikko Kuutt

A sessão será disponível num Zoom ao vivo aqui.

O programa CinEd agora coordenado pela Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema associa 14 parceiros europeus em 11 países (Alemanha - DFF - Deutsches Filminstitut & Filmmuseum e Deutsche Filmakademie / Bulgária - Arte Urbana Collectif / Croatia - Shadow Caster / Espanha – Associação A Bao A Qu / França - La Cinémathèque française / Finlândia – IhmeFilmi / Italia – GET Cooperativa sociale / Portugal - Os Filhos de Lumière / República Checa - Association of Czech Film Clubs ACFK / Roménia - Asociația ARTA e Associação Contrasens / Lituânia - Meno Avilys) assim como o parceiro tecnológico MOG Technologies (Portugal).

O projecto CinEd tem o apoio do programa Europa Criativa/Média da Comissão Europeia e em Portugal do ICA – Instituto do Cinema e Audiovisual no âmbito do programa Ad Hoc,  da Câmara Municipal de Lisboa e da  Câmara Municipal de Sintra.

 

Jul 132021
 

Paraíso Esquecido (Calabuch), de Luis García Berlanga, será apresentado na quinta-feira 15 de Julho de 2021 às 18h00 no Auditório Soror Mariana em Évora, no âmbito do projecto No País do Cinema numa sessão de Cinema-Fora-dos Leões, em parceria com Os Filhos de Lumière e a Direcção Regional de Cultura do Alentejo, no âmbito do ciclo "Esperpento, logro e anseio" em comemoração do centenário do nascimento de Luis García Berlanga. Entrada livre.

"Uma década após o final da Guerra Civil Espanhola, em pleno regime franquista, deu-se uma importante mudança na indústria cinematográfica espanhola: paulatinamente, os filmes historicistas, religiosos e dramáticos cederam o passo ao sainete espanhol – um género de comédia populista muito comum durante os primeiros anos do franquismo. Foi neste contexto que em 1955 estreou a comédia Historias de la radio, de José Luis Sáenz de Heredia, um importante blockbuster que veio revolucionar o cinema espanhol e incitar a regeneração da indústria através da entrada em cena de novos e talentosos cineastas, entre os quais, Luis García Berlanga.
 
Utilizando o esperpento – um género teatral ibérico de humor negro e de sátira grotesca – como a espada que empunhou contra o regime franquista, Berlanga entregou-se à crítica de todas as formas de poder vigentes na sociedade espanhola dos anos 50 e 60: o conservadorismo do governo franquista, a hipocrisia da igreja e a mesquinhez da sociedade espanhola. Com uma arguta e mordaz inteligência, dedicou-se a reinventar múltiplas formas da mesma ideia: cotejando o próprio Berlanga, «nos meus filmes há sempre alguém que sonha, que anseia e que deseja alcançar algo, mas nunca consegue, é sempre impedido por um complexo logro da sociedade.»

Esta sessão é organizada com o apoio da Direcção Regional de Cultura do Alentejo e do ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual.
Jul 062021
 

Bem-Vindo, Mister Marshall (Bienvenido Mister Marshall), de Luis García Berlanga, será apresentado na quinta-feira 8 de Julho de 2021 às 18h00 no Auditório Soror Mariana em Évora, no âmbito do projecto No País do Cinema numa sessão de Cinema-Fora-dos Leões, em parceria com Os Filhos de Lumière e a Direcção Regional de Cultura do Alentejo, no âmbito do ciclo "Esperpento, logro e anseio" em comemoração do centenário do nascimento de Luis García Berlanga. Entrada livre.

"Uma década após o final da Guerra Civil Espanhola, em pleno regime franquista, deu-se uma importante mudança na indústria cinematográfica espanhola: paulatinamente, os filmes historicistas, religiosos e dramáticos cederam o passo ao sainete espanhol – um género de comédia populista muito comum durante os primeiros anos do franquismo. Foi neste contexto que em 1955 estreou a comédia Historias de la radio, de José Luis Sáenz de Heredia, um importante blockbuster que veio revolucionar o cinema espanhol e incitar a regeneração da indústria através da entrada em cena de novos e talentosos cineastas, entre os quais, Luis García Berlanga.
 
Utilizando o esperpento – um género teatral ibérico de humor negro e de sátira grotesca – como a espada que empunhou contra o regime franquista, Berlanga entregou-se à crítica de todas as formas de poder vigentes na sociedade espanhola dos anos 50 e 60: o conservadorismo do governo franquista, a hipocrisia da igreja e a mesquinhez da sociedade espanhola. Com uma arguta e mordaz inteligência, dedicou-se a reinventar múltiplas formas da mesma ideia: cotejando o próprio Berlanga, «nos meus filmes há sempre alguém que sonha, que anseia e que deseja alcançar algo, mas nunca consegue, é sempre impedido por um complexo logro da sociedade.»

Esta sessão é organizada com o apoio da Direcção Regional de Cultura do Alentejo e do ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual.

Jun 172021
 

De 28 a 30 de Junho de 2021 vai decorrer  o "Mid-term Meeting", encontro dos parceiros do projecto europeu CinEd, acolhido pelo DFF - Deutsches Filminstitut & Filmmuseum responsável pelo desenvolvimento de CinEd na Alemanha, em parceria com a Deutsche Filmakademie.

O programa agora coordenado pela Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema associa 14 parceiros europeus em 11 países (Alemanha - DFF - Deutsches Filminstitut & Filmmuseum e Deutsche Filmakademie / Bulgária - Arte Urbana Collectif / Croatia - Shadow Caster / Espanha – Associação A Bao A Qu / França - La Cinémathèque française / Finlândia – IhmeFilmi / Italia – GET Cooperativa sociale / Portugal - Os Filhos de Lumière / República Checa - Association of Czech Film Clubs ACFK / Roménia - Asociația ARTA e Associação Contrasens / Lituânia - Meno Avilys) assim como o parceiro tecnológico MOG Technologies (Portugal).

O projecto CinEd tem o apoio do programa Europa Criativa/Média da Comissão Europeia e em Portugal do ICA – Instituto do Cinema e Audiovisual no âmbito do programa Ad Hoc e em Lisboa da Câmara Municipal de Lisboa. 

Jun 082021
 

No dia 8 de Junho de 2021 os alunos do Clube de Cinema da Escola E.B.2.3 D.Carlos I (Grupo B), em Sintra, fizeram um segundo dia de filmagem do seu filme-ensaio (filme final) da oficina do programa Cinema, cem anos de juventude 2020-2021 sobre o tema trabalhado durante este ano lectivo - "O Tempo no Cinema".

Oficina orientada por Nathalie Mansoux (realização), com José Lã Correia (imagem), Mafalda Roma (som) e  João Costa (produção) . 

Esta oficina é realizada em parceria com a Cinemateca Francesa  e com a Cinemateca Portuguesa e integra o projecto "O Mundo à Nossa Volta" com o apoio do ICA e da Câmara Municipal de Sintra.