Mai 132016
 

Nos dias 7 e 8 de Maio de 2016, os alunos do Clube de Cinema da Escola secundária de Serpa et da Escola E.B.2.3. Abade Correia da Serra, em Serpa, fizeram as filmagens do filme-ensaio (filme final) “A Gota de Água“, do programa Cinema, cem anos de juventude 2015-2016 sobre o tema O Clima.
Desde 2014, as oficinas “Cinema cem anos de Juventude” em desenvolvimento nas regiões de Lisboa, Moita e Serpa, integram o projecto da associação Os Filhos de LumièreO Mundo à Nossa Volta” apoiado pelo Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.
Abr 212016
 

Integrado numa oficina de cinema – O Mundo à Nossa VoltaCinema, Cem Anos de Juventude, um grupo de alunos de duas escolas de Serpa – Escola EB 2/3 Abade Correia da Serra e Escola Secundária – com idades entre os 11 e os 14 anos estão a preparar o seu filme final (filme ensaio) sobre o tema trabalhado este ano: “o clima“.

Fizeram a “repérage” na aldeia de Santa Iria e na ribeira de Limas, ambos perto de Serpa, Alentejo, filmaram com vários dispositivos móveis para procurar enquadramentos possíveis, e pequenos ensaios de “mise en scène”

A associação Os Filhos de Lumière está a desenvolver o projecto Moving Cinema, em parceria com a associação “A Bao A Qu”, em Espanha,  “Meno Avilys”, na Lituânia, o Centre for the Moving Image (Escócia/Reino Unido), a Cinemateca Francesa (França) e a Cinemateca Portuguesa. Este projecto é apoiado pela Europa Criativa – Sub-Programa Média e tem como objectivo principal desenvolver a literacia cinematográfica junto das crianças e jovens.

Fev 222016
 

No dia 20 de Fevereiro de 2016, teve lugar na Cinemateca Portuguesa, o segundo encontro do ano lectivo, entre professores e cineastas envolvidos nas oficinas que integram o programa Cinema, Cem Anos de Juventude, para balanço sobre os exercícios já realizados a partir de regras de jogo comuns aos 13 países que participam do projecto.
 
O tema em trabalho este ano é o clima e a meteorologia, revelando-se  através do mundo e das suas cinematografias, paisagens, luzes, maneiras de estar no mundo, de habitar e de valorizar um território.
 
A sessão com a participação de cineastas, professores e parceiros culturais, foi acompanhada pela coordenadora geral do programa, Nathalie Bourgeois e Isabel Bourdon (colabora no projecto através da Cinemateca francesa) e contou ainda com a participação dos parceiros da A Bao A Qu (Espanha) e Meno Avilys (Lituânia).
 
Foram exibidos os exercícios das escolas participantes, em Portugal, bem como em Espanha, Lituânia e França, como alguns planos Lumiére relacionados com o espaço em que o alunos vivem, na escola, na rua, na cidade ou no campo; exercícios com uma série de planos curtos que transmitem uma sensação meteorológica, ligados por exemplo, à chuva, ao sol, ao vento ou ao frio; e ainda exercícios em que a mesma cena foi filmada em diferentes situações meteorológicas  (e estações do ano).
 
A visualização dos exercícios filmados foi seguida de um diálogo sobre os métodos implementados em cada oficina, os desafios e particularidades dos grupos, assim como comentários em relação ao trabalho que tem sido feito e a forma como são aplicadas as regras do jogo.
 
Em Portugal, o programa, da responsabilidade da associação Os Filhos de Lumière, está a decorrer este ano em seis escolas em Lisboa, Moita, Serpa, Fundão e Trancoso. As sessões públicas com os filmes-ensaio finais irão decorrer em Junho nas três regiões, e também na Cinemateca Francesa, em Paris, onde serão apresentados os filmes de todos os países participantes, na presença dos professores, alunos e cineastas envolvidos nas oficinas.
Fev 052016
 


Escola Secundária de Serpa – Exercícios 2 e 3 from Os Filhos de Lumiere on Vimeo.

O Mundo à Nossa VoltaCinema, cem anos de juventude 2016 – O Clima . Exercícios da turma de 8ºano A da Escola Escola Secundária de Serpa

Execícios 2 e 3
2/ Sensação
Relatar uma sensação meteorológica (a chuva, o vento, o sol, o nevoeiro, o frio, o calor, etc.) filmando uma série de planos curtos (filmagem/montagem ou com montagem final).
Este exercício convida a ser inventivo e a dar atenção ao som.
Duração total para cada sensação :+/- 2 min.
3/ Estações
Filmar a mesma cena de uma situação simples (com découpage de 2 ou 3 planos e montagem) em diferentes condições meteorológicas: o mesmo sitio, a mesma situação, os mesmos personagens, mas a mise en scène varia segundo as estações (entre Outubro e Março).
Se a situação é filmada  no interior, pelo menos um plano tem de dar a ver o exterior.
Duração da cena : +/- 2 min
Jan 292016
 

Numa sessão aberta ao público foram apresentados na Cinemateca Portuguesa os filmes finais das oficinas O Mundo à Nossa VoltaCinema, Cem Anos de Juventude” realizadas no ano lectivo 2014-2015 cuja questão de cinema foi  “O que é o Intervalo no Cinema?” A regra do jogo comum a todos os filmes: um personagem assiste a uma cena de que se sente excluído, depois vêmo-la afastar-se … e encontra alguém. Os filmes, pensados a partir das questões próprias da idade de cada grupo participante, do lugar onde vivem e dos seus imaginários, onde foram exploradas as relações de intervalo entre as personagens e entre a câmara e as personagens, inspirando-se dos fragmentos de filmes que viram ao longo do ano, tocam temas como a inclusão, a identidade, as amizades, os primeiros amores, etc.

Com a presença de 200 jovens de Mértola, Serpa, Lisboa, Fundão, Vale da Amoreira (Moita) que participaram nos filmes que foram apresentados e de professores, cineastas e técnicos de cinema, e parceiros culturais.

O Mundo à Nossa Volta conta com o apoio do Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian, das Câmaras Municipais de Serpa, Lisboa e Moita, do ICA, da Cinemateca Portuguesa, de diversas entidades locais, da Cinemateca Francesa, do Instituto Camões e da Embaixada de Portugal em França, das próprias escolas e ainda dos Ministérios da Cultura e da Educação de França.
Dez 142015
 

O Primeiro Olhar 93 decorreu de 28 de Outubro a 7 de Dezembro de 2015 com 18 alunos de uma turma do Curso Profissional de Técnico de Gestão do Ambiente (TGA) do 12º ano da Escola Secundária de Serpa no âmbito do projecto O Mundo à nossa Volta.
Oficina orientada por Rossana Torres.

Reflexões dos formandos:
A experiência serviu para olharmos uma paisagem de diferente forma.
Para nós as paisagens vista era só uma paisagem normal, como todas as outras
mas após a experiência, começámos a ver de forma diferente, 
começamos a reparar nos pormenores todos.
Vanessa

Durante a filmagem o que gostei mais foi poder observar paisagens
que no dia a dia não reparo que existem.
Ana Catarina

Não sabia que se conseguia ouvir tudo, até um insecto a mexer.
Andreia

Abr 172015
 

Os jovens do do Grupo de Cinema da Biblioteca Municipal Abade Correia da Serra, em Serpa em reperage ao moinho da Amendoeira perto de Serpa para preparar o filme final do programa Cinema, cem anos de juventude 2015: O Intervalo (L’Intervalle) no âmbito do Projecto “O Mundo à Nossa Volta” – em parceria com a Câmara Municipal de Serpa.

Desde 2014, as oficinas “O Primeiro Olhar” em desenvolvimento nas regiões de Lisboa, Moita e Serpa, integram o mais recente projecto desta associação “O Mundo à Nossa Volta” apoiado pelo Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.    
Jan 262015
 

Os filmes-ensaio realizados por alunos de escolas básicas e secundárias de Lisboa, Moita e Serpa, com o apoio de cineastas e técnicos de cinema, ao longo do projeto pedagógico “Cinema, Cem Anos de Juventude 2014”, serão apresentados na sala Felix Ribeiro da Cinemateca Portuguesa, na quarta-feira 2 de Fevereiro de 2015  às 15h30, em presença dos seus autores.
 
Os temas dos filmes foram desenvolvidos a partir das suas ideias e questões próprias da idade, lugar, imaginários (a inclusão, a identidade, primeiros encontros amorosos…). O alinhamento da sessão inclui uma seleção de filmes realizados por alunos dos outros países participantes neste projeto. Todos estes filmes refletiram sobre o que é o plano-sequência no cinema e seguiram as mesmas regras do jogo.
 
Organizado em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière, o programa pedagógico “Cinema, Cem Anos de Juventude” (que integra o programa mais vasto “O Mundo à Nossa Volta”) é realizado em parceria com a Cinemateca Portuguesa e a Cinemateca Francesa (que o coordena a nível internacional reunindo através da reflexão e partilha dos resultados os onze países participantes) e é apoiado pelo programa PARTIS/ Fundação Calouste Gulbenkian, ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual, Câmaras Municipais de Lisboa, Serpa e Moita, Centro Cultural Português em Paris e outros apoios locais que permitiram a viagem de uma delegação portuguesa (alunos participantes, professores e cineastas) para a sessão de apresentação dos filmes na Cinemateca Francesa em Paris. Para além das entidades citadas, são ainda parceiros deste programa, entre outros, a Comissão Nacional de Protecção das Crianças e Jovens em Risco, a Comissão de Protecção das Crianças e Jovens (Lisboa Centro), DNA Lisboa, Institut Français du Portugal, Juntas de Freguesia de Campolide e da Misericórdia, todas as escolas participantes.
Set 122014
 
 
Serão apresentados na quinta-feira 2 de Outubro de 2014, às 18h00, no Cineteatro Municipal de Serpa, filmes e exercícios realizados por jovens da região de Serpa, no âmbito do projeto ‘O Mundo à Nossa Volta‘, numa parceria entre a associação Cultural Os Filhos de Lumiére e a Câmara Municipal de Serpa. Este projeto, que tem vindo a ser desenvolvido em Serpa desde 2004, na Moita desde 2007 e em Lisboa desde 2008, integra as oficinas de sensibilização ao cinema ‘O Cinema Cem Anos de Juventude‘ e ‘O Primeiro Olhar’, e é apoiado pelo programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian (desde 2014).
 
Programa da sessão

Planos-Lumière – 4 min
4 exercícios de um minuto cada,
realizados por jovens do Clube de Cinema de Vila Nova de São Bento,
no âmbito do programa Cinema, Cem Anos de Juventude 2013-2014.

Aconteceu no Jardim – 6 min
Realizado em Serpa no âmbito do programa Cinema, Cem Anos de Juventude 2013-2014.
Dança Turca – 11 min
Realizado por jovens da Escola EB Marquesa de Alorna em Lisboa,
no âmbito do programa Cinema Cem Anos de Juventude 2013-2014
O Homem do Saco – 10 min
Realizado por jovens do Clube de Cinema da Biblioteca Municipal Abade Correia da Serra
(com alunos da Escola Secundária de Serpa e da Escola E.B. Abade Correia da Serra),
no âmbito do programa Cinema, Cem Anos de Juventude 2012-2013
Filmando O Homem do Saco (making of)
Realizado durante a rodagem da oficina Cinema, Cem Anos de Juventude 2012-2013
Na Quinta – 8 min
Realizado em Serpa no âmbito da oficina O Primeiro Olhar.
Ago 162014
 
6 filmes do programa O Mundo à Nossa Volta, realizados durante o ano lectivo 2013-2014 no âmbito do programa pedagógico “Cinema, cem anos de juventude” sobre o tema “o plano-sequência” estão agora disponíveis no Blog e no Vimeo (para ver todos os filmes do Blog, utilizar o marcador “FILMES” na coluna da direita) assim como um making of realizado no Vale da Amoreira, Moita.
 
Clube de Cinema da Escola E.B.2.3. Marquesa de Alorna, Lisboa
 
Clube de Cinema da Escola Secundária de Camões, Lisboa
 
Escola Básica 1 do Vale da Amoreira na Moita, turma de 1º ano
 
Escola Básica 1 do Vale da Amoreira na Moita, turma de 1º ano
 
Clube de Cinema da Escola Secundária Passos Manuel, Lisboa
 
Clube de Cinema : Biblioteca Abade Correia da Serra, Serpa e Cineteatro de V.N. de São Bento.
 
Escola Básica 1.2. do Vale da Amoreira, Moita, turma de 5º ano
Jul 192014
 

Decorreu entre 14 e 18 de Julho de 2014, O Primeiro Olhar 85 dirigido a vinte jovens da região de Serpa, numa parceria entre a associação Os Filhos de Lumière e a Câmara Municipal de Serpa.
 
Esta oficina foi realizada no âmbito do projecto O Mundo à Nossa Volta apoiado pelo Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.
 
Oficina orientada por Rossana Torres (realização – montagem), José Lã Correia (imagem – son), Richen Gatete e Rita Graça (produção)