Abr 062019
 

No dia 6 de Abril de 2019 teve lugar o encontro do balanço intermédio do programa Cinema, cem anos de juventude 2018-2019 inserido no projecto O Mundo à Nossa Volta da associação Os Filhos de Lumière que reune todos os participantes portugueses, professores, cineastes-formadores e a equipa de Os Filhos de Lumière.
 
Este encontro tem como objectivo fazer o balanço dos trabalhos realizados desde o iníco do ano lectivo sobre o tema em trabalho ” A Situação”, partilhar as metodologias experimentadas, visionar os exercícios realizados em Portugal mas também excertos dos exercícios filmados pelas escolas dos outros países participantes a partir das mesmas regras do jogo e preparar os grandes eixos dos filmes ensaio a realizar durante o terceiro periodo.
 
Estiveram presentes os professores das nove escolas participantes:
Escola Secundária de Serpa, Escola Secundária Marquês de Pombal em Lisboa, Escola Secundária Matias Aires em Agualva, Sintra, Escola E.B.Moinhos da Arroja em Odivela, Escola E.B.2.3. Marquês de Alorna em Lisboa, Escola E.B.2.3 de Sobral de Monte Agraço, Escola Secundária de Camões em Lisboa, Escola Secundária de Camões em Lisboa e a Escola Secundária Miguel Torga em Queluz, Sintra
assim como os cineastas-formadores:
Teresa Garcia, Rossana Torres, Ana Eliseu, Djanira Oliveira, João Rosas, Luís Alves de Matos, Mafalda Roma, José Lã Correia
e a equipa de Os Filhos de Lumière, entre outros Sann Gusmão e Simão Chambel.
 
Estas oficinas que se realizam no meio escolar desde 2006, são organizadas em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière, em parceria com a Cinemateca Portuguesa, e fazem parte do projecto internacional “Le Cinéma, cents ans de jeunesse” coordenado pela Cinemateca francesa e tem o apoio, entre outros, do ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual, da Câmara Municipal de Lisboa, da Câmara Municipal de Serpa, da Câmara Municipl de Sintra, do Instituto Camões-Centro Cultural Português em Paris e varia outras entidades.
 
Cinco destas oficinas integram o Programa Conhecimento da Fundação Calouste Gulbenkian.