Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

NO PAÍS DO CINEMA / MOVING CINEMA: Tasio de Montxo Armendáriz

 
Quando:
24. 03. 2017 @ 21:30 – 23:30
Onde:
Auditório Soror Mariana
Rua Diogo Cão 8
7000-872 Évora
Categorias:
Tasio de Montxo Armendáriz será apresentado na sexta-feira 24 de Março de 2017, às 21h30 no Auditório Soror Mariana em Évora, no âmbito do ciclo No País do Cinema numa sessão de Cinema-Fora-dos Leões / Universidade de Évora, em parceria com Os Filhos de Lumière.
A infância, os primeiros amores e as rotinas de Tasio, um carvoeiro de uma pequena vila de Navarra. Quando todos os homens preferem migrar para as cidades à procura de uma profissão e de uma vida estáveis, Tasio escolhe a liberdade. Montxo Armendáriz, por vezes conhecido como “maestro da elipse”, resgatou com Tasio a história de um dos últimos carvoeiros, Anastasio Ochoa, mas também a história de um ofício que nos anos 80 já ameaçava extinguir-se e que, hoje, parece ter caído quase por completo no esquecimento. Em Navarra, em 2009, contavam-se apenas 9 carvoeiros na pequena vila que viu nascer Montxo Armendáriz e onde se narra esta história.

Esta sessão está integrada no projecto europeu Moving Cinema,
e foi organizada com o apoio da Direcção Regional de Cultura do
Alentejo e do ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual assim como de: Departamento de Filosofia da Universidade de Évora | Centro de História
da Arte e Investigação Artística da Universidade de Évora (CHAIA/UÉ) |
Colecção B  | Fundação Eugénio de Almeida |
Programa AECID – Cooperación Española (Embaixada de Espanha em Portugal e
Instituto Cervantes de Lisboa).