Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

Dez 122020
 
 

A primeira sessão da formação de educação ao cinema para professores, mediadores culturais e adultos interessados - Cinema, Cidadania - organizada pela associação cultural Os Filhos de Lumière  teve lugar no dia 12 de Dezembro na Biblioteca Municipal de Alcântara, em Lisboa. Esta 1ª sessão tinha com objectivos dar a conhecer o programa, as ferramentas pedagógicas e a metodologia da oficina que procura levar o aluno a descobrir por si próprio através de questões que lhe vão sendo colocadas, a olhar para um filme através do processo de criação cinematográfica e a ver e ouvir aquilo a que geralmente não presta atenção.

Esta iniciativa dos projecto CinEd e Shortcut se prolongará até meados do mês de Março de 2021. Esta é uma formação que pretende envolver professores e professores bibliotecários (que possam também envolver um grupo de alunos na formação), mediadores culturais e outros adultos interessados.
 
Baseada nos programas europeus de educação cinematográfica: CinEd e Shortcut, que visam a descoberta do cinema através do encontro com o próprio cinema, que a associação Os Filhos de Lumière tem vindo a desenvolver há largos anos, esta formação incide especialmente nas questões de cidadania e direitos humanos, dirigida a jovens entre os 6 e os 19 anos de idade, procurando simultaneamente aprofundar a sétima arte como objecto artístico e modalidade de conhecimento da vida e do mundo.

Os projectos CinEd e Shortcut tem o apoio do programa Europa Criativa/Média da Comissão Europeia e em Portugal do ICA – Instituto do Cinema e Audiovisual no âmbito do programa Ad Hoc e, em Lisboa, da Câmara Municipal de Lisboa.