Se a teoria é rapidamente esquecida,
o gesto e a experiência artística
ficam no corpo, na memória, no olhar.

 

Junho 2007 – Abril 2013

Jun
24
Dom
2007
No País do Cinema: à volta dos Primeiros Olhares @ Cineteatro Municipal de Serpa
Jun 24 @ 10:00 – 13:00

A associação Os Filhos de Lumière apresenta no Doc’s Kingdom 2007 um programa de filmes em torno de O Primeiro Olhar (essencialmente realizados nesta região) e os dois filmes finais realizados no âmbito do programa pedagógico Le cinéma, cent ans de jeunesse – Cinema, cem anos de juventude – por 34 jovens da Escola Secundária de Serpa (dois grupos), recentemente apresentados na Cinemateca Francesa em Paris. Após a projecção dos filmes (que inclui alguns exercícios preliminares) será estabelecido um diálogo entre todos os que os realizaram, os cineastas intervenientes e os professores que colaboraram ao longo do ano e os participantes no seminário.
Set
13
Qui
2012
1º Encontro Cinema e Escola – São Paolo – Brasil @ Cinemateca Brasileira
Set 13 @ 10:00 – Set 16 @ 18:00

A Associação Os Filhos de Lumière foi convidada a participar no 1° Encontro Cinema e Escola que reunirá, entre os dias 13 e 16 de Setembro de 2012, na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, Brasil, profissionais brasileiros e estrangeiros, educadores e cineastas, para uma série de debates sobre a presença do cinema nas escolas.

Fruto de uma parceria entre a Cinemateca Brasileira e a Escola Carlitos este encontro tem como principal objectivo discutir as formas de contacto com a arte cinematográfica na sala de aula e a necessidade de criação de uma cultura cinematográfica ao longo da formação escolar

Nov
20
Ter
2012
O PRIMEIRO OLHAR 66 e 67 no Dia Internacional da Convenção para os Direitos das Crianças @ S.D.U.B. Os Franceses - Barreiro
Nov 20 @ 21:00 – 22:30

O Sonho de LaraBLG2

Projecção dos filmes O Outro Lado e O Sonho de Lara no Salão Principal da S.D.U.B. Os Franceses no Barreiro
No âmbito das celebrações do Dia Internacional da Convenção para os Direitos das Crianças, o Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental da Associação NÓS e a Escola Secundária dos Casquilhos irá proporcionar um encontro,  através do cinema, em torno dos Direitos das Crianças,  no dia 20 de Novembro, às 21 horas no Salão Principal da S.D.U.B Os Franceses no Barreiro .
Serão projectadas as duas curtas-metragens O Outro Lado e O Sonho de Lara realizadas no âmbito de O Primeiro Olhar 66 e O Primeiro Olhar 67 por alunos da Escola Secundária dos Casquilhos, integrados no Projecto Comenius “Direitos humanos e Literacia Digital para Jovens Europeus“, em parceria com o CAFAP da Associação Nós e os Filhos do Lumière. No final da sessão terá lugar uma conversa que envolveu os alunos participantes nas oficinas, professores, cineastas e público em geral sobre  a experiência de cinema e sobre a importância e potencialidades de expressão através da arte cinematográfica.

Nov
26
Seg
2012
O Filhos de Lumière no Institut des Hautes Études des Comunications Sociales (1) @ Cinémathèque Royale de Belgique
Nov 26 @ 14:00 – 16:30

mof fora de campo 001BLG2

Convidados pela secção Animation Socio-Culturelle e Education Permanente (ASCEP) do Institut des Hautes Études des Comunications Sociales (IHECS), em Bruxelas, Bélgica, os cineastas Teresa Garcia e  Pierre-Marie Goulet irão participar, nas tardes de 26 e 28 de Novembro num Seminário / projecção/ conversa, com os estudantes deste Instituto Superior e professores / realizadores, sobre a sua experiência de sensibilização ao cinema na Associação Os Filhos de Lumière, posta em prática desde 2000.  Serão apresentados nestas sessões, que irão decorrer na Cinemateca Real de Bélgica, em Bruxelas, diversos filmes realizados por crianças e adolescentes no âmbito das diferentes oficinas que esta associação tem levado a cabo desde o ano 2000 em todo o território português assim como alguns filmes sobre o processo e filmes chave que abrem portas para a linguagem e a matéria cinematográfica.
Nos mesmos dias, 26 ás 20h30 e 28 ás 21h30 a Cinemateca Real de Bélgica propõe duas sessões “cruzadas” em torno dos filmes dos dois cineastas intitulada “Regards Croisés : Pierre-Marie Goulet & Teresa Garcia” : a primeira sessão, dia 26 A Tempestade de Teresa Garcia e Encontros, dePierre-Marie Goulet, a segunda sessão, dia 28: A Casa Esquecida, de Teresa Garcia e Polifonias – Paci è Saluta de Pierre-Marie Goulet.

Nov
28
Qua
2012
O Filhos de Lumière no Institut des Hautes Études des Comunications Sociales (2) @ Cinémathèque Royale de Belgique
Nov 28 @ 14:00 – 16:00

Brinches002

Convidados pela secção Animation Socio-Culturelle e Education Permanente (ASCEP) do Institut des Hautes Études des Comunications Sociales (IHECS), em Bruxelas, Bélgica, os cineastas Teresa Garcia e  Pierre-Marie Goulet irão participar, nas tardes de 26 e 28 de Novembro num Seminário / projecção/ conversa, com os estudantes deste Instituto Superior e professores / realizadores, sobre a sua experiência de sensibilização ao cinema na Associação Os Filhos de Lumière, posta em prática desde 2000.  Serão apresentados nestas sessões, que irão decorrer na Cinemateca Real de Bélgica, em Bruxelas, diversos filmes realizados por crianças e adolescentes no âmbito das diferentes oficinas que esta associação tem levado a cabo desde o ano 2000 em todo o território português assim como alguns filmes sobre o processo e filmes chave que abrem portas para a linguagem e a matéria cinematográfica.
Nos mesmos dias, 26 ás 20h30 e 28 ás 21h30 a Cinemateca Real de Bélgica propõe duas sessões “cruzadas” em torno dos filmes dos dois cineastas intitulada “Regards Croisés : Pierre-Marie Goulet & Teresa Garcia” : a primeira sessão, dia 26 A Tempestade de Teresa Garcia e Encontros, dePierre-Marie Gouleta segunda sessão, dia 28: A Casa Esquecida, de Teresa Garcia e Polifonias – Paci è Saluta de Pierre-Marie Goulet.

Dez
7
Sex
2012
FILMAR 07 e 08 na Baixa da Banheira @ Fórum Cultural José Manuel Figueiredo
Dez 7 @ 21:00 – 22:00

FILMAR07 PERCURSOBLG2

Apresentação de Percursos e Aconteceu, pequenos filmes-ensaio realizados no âmbito de duas oficinas Filmar, Filmar 07 e Filmar 08, dirigidas a professores de escolas da Moita e do Barreiro, orientadas pela associação Os Filhos de Lumière, com a presença dos participantes que deram conta da sua experiência e do que descobriram através da prática numa longa conversa com o público e com os cineastas presentes.

As duas oficinas que decorreram ao longo da primeira e da segunda quinzena de Novembro integraram o Seminário “O cinema como experiência: abordagens pedagógicas“- organizado pela Câmara Municipal da Moita que decorreu em 13 de Outubro no Forum Cultural José Manuel Figueiredo, no âmbito da Quinzena da Educação.

Jan
19
Sáb
2013
10 anos de filmes imaginados e realizados por jovens da região de Serpa (1) @ Cineteatro Municipal de Serpa
Jan 19 @ 15:30 – 17:00
Pias STILLTrês programas de filmes realizados no âmbito das oficinas de iniciação ao cinema dirigidas a crianças e jovens no meio escolar e fora da escola, na região de Serpa (Vila Nova de S. Bento, Brinches, Pias e Serpa), levadas a cabo pela associação Os Filhos de Lumière em parceria com a Câmara Municipal de Serpa e as juntas de freguesia locais, desde o ano 2003 e até esta data (2013). 10 anos de filmes imaginados e realizados por jovens da região de Serpa com o apoio de profissionais de cinema.
Programa 1 – no Cine-Teatro de Serpa – Sábado 19 de Janeiro às 15h30
A – O Primeiro Olhar 33 (2006) em Pias
2) Filme Colectivo: O Viajante
B – Cinema, cem anos de juventude 2008-2009: A Cor no Cinema
Escola Secundária de Serpa – Clube de Cinema
1) Pequenas Formas Coloridas  – exercícios
Fev
15
Sex
2013
10 anos de filmes imaginados e realizados por jovens da região de Serpa (2) @ Cineteatro Municipal de Serpa
Fev 15 @ 21:30 – 23:00
VNSB

Três programas de filmes realizados no âmbito das oficinas de iniciação ao cinema dirigidas a crianças e jovens no meio escolar e fora da escola, na região de Serpa (Vila Nova de S. Bento, Brinches, PiasSerpa), levadas a cabo pela associação Os Filhos de Lumière em parceria com a Câmara Municipal de Serpa e as juntas de freguesia locais, desde o ano 2003 e até esta data (2013). 10 anos de filmes imaginados e realizados por jovens da região de Serpa com o apoio de profissionais de cinema.

A – O Primeiro Olhar 18 e O Primeiro Olhar 19 (2004) em Vila Nova de São Bento
1) Filmes Individuais: O Livro / AVoz / O Encontro / The New Generation / O Pique Nique / O Desencontro / Contos / O Ferreiro (1) / O Ferreiro (2) / Irresponsabilidade / A Minha Terra
2) Filmado “O Encontro”(making of)
3) Filmes Colectivos: O Poema / A Recompensa
Escola Secundária de Serpa – Clube de Cinema
1) Locais Públicos (exercício)
2) O Primeiro Dia do Resto da Minha Vida (exercício)
3) Viagem Interrompida (exercício)
4) A Infância Perdida (filme-ensaio /filme final)
5) Flmando “A Infância Perdida” (making of)
Fev
17
Dom
2013
O SABOR DO CINEMA – MOMENTO XXIII – 17 de Fevereiro @ Fundação de Serralves
Fev 17 @ 16:00 – 18:00
Sayat_Nova17 de Fevereiro de 2013:
Romance de Vila do Conde, de Manoel de Oliveira
O Poeta Louco, O Vitral e a Santa Morte, de Manoel de Oliveira
Fev
18
Seg
2013
A INICIAÇÃO AO CINEMA: EXPERIÊNCIAS E REFLEXÕES @ Cinemateca Portuguesa
Fev 18 – Fev 23 all-day

 

Organizado conjuntamente pela Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema, a associação cultural Os Filhos de Lumière e o Institut Français du Portugal, o programa Iniciação ao Cinema: Experiência e Reflexões procura promover uma reflexão sobre a iniciação ao cinema, e pretende discutir e lançar pistas para o importantíssimo trabalho desenvolvido e a desenvolver no que respeita à pedagogia e à transmissão do cinema, entendido como uma área fundamental do campo mais lato da educação artística. Entre os dias 18 e 22 de Fevereiro, Alain Bergala, que muito tem trabalhado sobre estas questões, apresentará na Cinemateca cinco filmes que escolheu em torno do “tema” “Crescer no Cinema”, uma outra sessão (dia 20, às 15h30) contará com a apresentação dos filmes finais desenvolvidos pelas escolas participantes no projeto educativo “Cinema, Cem anos de Juventude”, e o programa geral envolve ainda dois importantes Encontros/Colóquios. O primeiro, “Observar, Imaginar, Filmar: O Cinema na Infância”, realiza-se no Institut Français du Portugal (dia 21, entre as 10h00 e as 16h30) e o segundo, “Os Filmes da Minha Infância” / “Balanço, Reflexão, Perspetivas”, decorrerá na Cinemateca no dia 23 (entre as 14h30 e as 19h30). Ohayo / “Bom Dia”, a longa-metragem de Yasujiro Ozu que aborda admiravelmente a questão da infância numa sociedade em mudança, encerra todo o programa (dia 23, às 21h30).

CRESCER NO CINEMA – Alain Bergala @ Cinemateca Portuguesa
Fev 18 @ 18:00 – Fev 22 @ 20:00

 

Entre os dias 18 e 22 de fevereiro, Alain Bergala, que muito tem trabalhado sobre as questões da pedagogia e da transmissão do cinema, entendido como uma área fundamental do campo mais lato da educação artística, apresentará na Cinemateca cinco filmes que escolheu em torno do “tema” “Crescer no Cinema”, no âmbito do programa “A inicição ao Cinema: experiências e reflexões“, organizado conjuntamente pela Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema, a associação cultural Os Filhos de Lumière e o Institut Français du Portugal.

Através de cinco filmes cujos protagonistas fazem uma aprendizagem do “crescer na vida”, ao longo de cinco sessões organizadas num molde semelhante ao programa “Histórias do Cinema”, Alain Bergala abordará o que significa “crescer no cinema”.
segunda-feira 18 às 18h00: Moonfleet,  O Tesouro de Barba Ruiva, de Fritz Lang
terça-feira 19 às 18h00: A Perfect WorldUm Mundo Perfeito, de Clint Eastwood
quarta-feira 20 às 18h00: Ponette, de Jacques Doillon
quinta-feira 21 às 18h00: Onde Fica a Casa do Meu Amigo, de Abbas Kiarostami
sexta-feira 22 às 18h00: Mes Petites Amoureuses, de Jean Eustache
Crítico, cineastaprofessor, ex-editor dos Cahiers du Cinéma, Alain Bergala foi o conselheiro para o cinema de Jack Lang em 2000, sendo responsável pela elaboração do projeto de cinema no quadro do plano de cinco anos para a introdução das artes no ensino. Dedicando-se activamente à questão da pedagogia do cinema, foi um dos fundadores do programa “Le Cinéma, cent ans de jeunesse”/“Cinema, Cem Anos de Juventude”, sendo autor de L’Hypothèse cinéma – Petit traité de transmission du cinema à l’école et ailleurs, obra de referência para a reflexão sobre a iniciação ao cinema, a par de uma extensa bibliografia sobre cineastas como Jean-Luc Godard, Robert Bresson, Ingmar Bergman. Nos últimos anos Alain Bergala tem comissariado várias exposições relacionadas com o cinema, entre as quais “Victor Erice: Abbas Kiarostami – Correspondances”, preparando actualmente uma outra sobre a obra de Pier Paolo Pasolini.
Fev
20
Qua
2013
ESCOLA NO CINEMA (1) OHAYO Bom Dia de Yasujiro Ozu @ Cinemateca Portuguesa
Fev 20 @ 11:00 – 13:00

Oyaho004Ohayo, Bom Dia, de Yasujiro Ozu, foi a obra escolhida para dar início ao programa piloto de Os Filhos de Lumière  “Escola no Cinema”, que conta já com o apoio da Cinemateca para uma primeira projecção do filme, numa sessão reservada aos alunos das escolas envolvidas no projecto.

CINEMA, CEM ANOS DE JUVENTUDE 2011-2012 A Parte do Real na Ficção @ Cinemateca Portuguesa
Fev 20 @ 15:30 – 17:30

Nublado 01BLG2Apresentação dos filmes finais resultantes do trabalho de iniciação ao cinema promovido pela associação Os Filhos de Lumière com escolas de Serpa, da Moita e de Lisboa, no ano lectivo de 2011/2012. “Qual a parte do real na ficção?” foi a questão que esteve na origem dos pequenos filmes desenvolvidos no âmbito do programa “Cinema, Cem Anos de Juventude”. A complementar o programa serão exibidos filmes realizados por alunos de outros países participantes. “Cinema, Cem Anos de Juventude”/“Le Cinéma, cent ans de jeunesse” é um projecto coordenado pela Cinemateca Francesa, que foi criado em 1995 na celebração dos cem anos do cinema, e que tem vindo a ser desenvolvido em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière, em parceria com a Cinemateca Portuguesa, desde o ano lectivo de 2006-2007.

Fev
21
Qui
2013
OBSERVAR, IMAGINAR, FILMAR: O CINEMA NA INFÂNCIA @ Institut Français du Portugal
Fev 21 @ 10:00 – 16:30

Bordilas_Moita02_BLG2Encontro que se apresenta como uma oportunidade para uma partilha de experiências entre participantes e responsáveis por vários programas de iniciação ao cinema, como Nathalie Bourgeois, responsável pelo Serviço Pedagógico da Cinemateca Francesa, representantes da associação Os Filhos de Lumière, representantes da Cinemateca Júnior, e responsáveis por vários outros projectos pedagógicos, nacionais e internacionais.

Fev
23
Sáb
2013
A INICIAÇÃO AO CINEMA: OS FILMES DA MINHA INFÂNCIA @ Cinemateca Portuguesa
Fev 23 @ 14:30 – 16:30

el_espiritu_de_la_colmena_02“Os Filmes da Minha Infância” – conta com testemunhos de personalidades de várias áreas e de diferentes gerações para quem o encontro com o cinema foi uma descoberta fundamental na infância ou adolescência, terminando com um balanço sobre “a descoberta do cinema”, com a participação de Nathalie Bourgeois que, com Alain Bergala, foi responsável por uma importante recolha e reflexão em torno da questão (Cet enfant de cinema que nous avons été, ed. 1993).

A INICIAÇÃO AO CINEMA : BALANÇO, REFLEXÃO, PERSPECTIVAS @ Cinemateca Portuguesa
Fev 23 @ 17:00 – 19:30

FrankeinsteinBalanço geral dos Encontros A INICIAÇÃO AO CINEMA: EXPERIÊNCIAS E REFLEXÕES que procurará refletir sobre o estado atual das coisas, sublinhar a importância da iniciação ao cinema, e lançar novas perspetivas para uma intervenção eficaz na área, entendida como campo essencial da educação artística.

OHAYO – Bom Dia – de Yasojiru Ozu – Sessão de encerramento de: Iniciação ao Cinema: Experiências e Reflexões @ Cinemateca Portuguesa
Fev 23 @ 21:30 – 22:45

Este filme pode ser considerado como uma variante, mas certamente não como um remake, de um dos mais célebres filmes de Ozu, UMARETE WA MITA KEREDO (“NASCI, MAS…”, de 1933). Mas, contrariamente à quase totalidade das obras-primas realizadas por Ozu na fase final da sua carreira, OHAYO não aborda o tema da dissolução de uma família, apenas um momento de crise. Dois miúdos fazem uma greve de silêncio para protestar contra o facto dos pais se recusarem a comprar uma televisão. A realização de Ozu, como sempre rigorosa e perfeita, tece um filme que, ao invés de mostrar o fim de uma vida, ou de uma família, mostra uma continuidade, a aceitação da mudança. Um dos filmes onde cineasta trabalha exemplarmente a cor. OHAYO foi a obra escolhida para dar início ao programa piloto “Escola no Cinema”, que conta já com o apoio da Cinemateca para uma primeira projecção do filme, numa sessão reservada aos alunos das escolas envolvidas no projecto, na manhã de dia 20.Ohayo_fimBLG2

Mar
3
Dom
2013
O SABOR DO CINEMA – MOMENTO XXIII @ Fundação de Serralves
Mar 3 @ 16:00 – 18:00

Quei_loro_incontri0203 de Março de 2013:

Aurélia Steiner / Melbourne, de Marguerite Duras
Mar
17
Dom
2013
O SABOR DO CINEMA – MOMENTO XXIII @ Fundação de Serralves
Mar 17 @ 16:00 – 18:30
Apunti_Pasolini17 de Março de 2013:
A Imitação, de Saguenail
Abr
7
Dom
2013
O SABOR DO CINEMA – MOMENTO XXIII – 7 de Abril @ Fundação de Serralves
Abr 7 @ 16:00 – 18:00
mon cas7773BLG207 de Abril de 2013:
O Meu Caso, de Manoel de Oliveira